Esportes, Futebol, Paulistão

Eduardo Baptista segue sem revelar o centroavante do Palmeiras para estreia

O técnico Eduardo Baptista já começou a implementar as suas ideias no Palmeiras, mas uma velha prática do antecessor, Cuca,  tem sido repetida por ele: adotar mistério na escalação.

Baptista: “Estou muito satisfeito com o que foi produzido”.Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras/Divulgação

O técnico ainda não confirmou quem vai preencher a vaga deixada por Gabriel Jesus. Willian, Barrios e Alecsandro estão na disputa.

“Estou muito satisfeito com o que foi produzido por todos até aqui. Chegamos bem. Há uma dúvida na frente”, afirmou Baptista.

“Testamos algumas formações durante a semana. A escolha do titular vai depender muito da característica do adversário”, acrescentou.

No treino de quinta-feira, Willian treinou entre os titulares, na Academia. O “bigode” também foi titular no amistoso contra a Ponte Preta e deixou boa impressão pela boa movimentação.

Além disso, Willian é que tem características mais semelhantes a Gabriel Jesus.

Foi Barrios, no entanto, quem entrou na segunda etapa e marcou o gol alviverde no empate por 1 a 1.
Alecsandro foi o escolhido para atuar contra a Chapecoense. Além disso, um dia após ver Barrios marcar um gol na Ponte, também se apressou em balançar a rede em jogo-treino contra o Atibaia.

Se faz mistério para saber com quem vai contar para a posição de centroavante, Baptista já confirmou que Fernando Prass vai iniciar o ano como goleiro titular.

Na linha de quatro do esquema 4-1-4-1, a única dúvida era a meia esquerda. Raphael Veiga parece ter conquistado a vaga para atuar ao lado de Róger Guedes, Tchê Tchê e Dudu.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*