Esportes, Paulistão

Dudu nega que teria acordo para deixar o Palmeiras no final do ano

Após assinar contrato com novo empresário, o atacante Dudu disse ter havido mal-entendido na declaração de André Cury de que vai deixar o Palmeiras ao final deste ano.

“Posso falar que sim (foi um mal-entendido). Às vezes (Cury) tentou me ajudar, mas ele e todo mundo no Palmeiras sabem minha vontade de ficar, defender esse clube. Espero cumprir meu contrato muito bem”, disse o atacante ao canal SporTV.

Cury havia dito que existia um acordo entre a cúpula alviverde e o jogador para que saísse no encerramento da temporada. A declaração pegou mal, já que, recentemente, o camisa 7 disse que pretende até se aposentar no clube.

Dudu tem contrato até o final de 2020 com o clube. “Estou muito feliz no Palmeiras. Tive oportunidade de sair agora por uma boa proposta (da China), mas não fui porque tenho objetivos aqui”, prosseguiu Dudu, de 26 anos. “Tenho contrato longo e espero cumpri-lo e continuar muito tempo no Palmeiras.”

Borja

Artilheiro do time no ano, com seis gols, Borja está a só quatro de igualar o número de tentos do ano passado.

Foram cinco bolas na rede no Paulistão e uma na Libertadores. Tudo isso em nove jogos, média de 0,66 gol por partida. No ano passado, a marca foi bastante inferior, 0,23 por duelo. Foram somente dez gols em 43 jogos.

Além da questão da adaptação, o colombiano frequentemente agradece ao técnico Roger Machado. “Se não te­nho a confiança do treinador, fica difícil”, disse Borja.

Confiança é a palavra. O jogador ficou de fora apenas da partida contra a Ponte Preta, quando foi poupado com dores no joelho.

Em ano de Copa do Mundo, Borja vive a expectativa de conseguir carimbar sua vaga para a Rússia.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*