Editorias, Notícias, São Paulo

Doria: ‘São Paulo vai pedir à Anvisa urgência na liberação de vacinação de crianças de 5 a 11 anos’

Doria: São Paulo e seus 645 municípios de São Paulo têm condições técnicas para iniciar a vacinação assim que a Anvisa liberar a aplicação no país". Foto: Governo do Estado de São Paulo
Doria: São Paulo e seus 645 municípios de São Paulo têm condições técnicas para iniciar a vacinação assim que a Anvisa liberar a aplicação no país”. Foto: Governo do Estado de São Paulo

Segundo o governo estadual, a imunização nessa faixa etária já começou em outros países do mundo, incluindo a Argentina, o Chile e a Colômbia, na América Latina.

O governador João Doria anunciou, em coletiva nesta quarta-feira (3),  que o Estado vai solicitar à  Agência de Vigilância Sanitária(Anvisa )  urgência na autorização para início da vacinação contra a covid-19 de crianças entre 5 e 11 anos de idade.

Segundo o governo estadual, a imunização nessa faixa etária já começou em outros países do mundo, incluindo a Argentina, o Chile e a Colômbia, na América Latina.

“Na manhã de hoje, membros da nossa equipe de saúde participaram de uma reunião técnica com profissionais do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).  Regiane de Paula, coordenadora do Plano Estadual de Imunização, participou deste encontro representando o Estado de São Paulo”, disse Doria.

Na reunião foi discutida a inclusão desse novo público na campanha de imunização, como explicou Regiane: “São Paulo e seus 645 municípios de São Paulo têm condições técnicas para iniciar a vacinação assim que a Anvisa liberar a aplicação no país. A imunização das crianças é um importante passo para o controle da pandemia e a proteção da população”, afirmou.

O Estado de São Paulo aplicou até o início da tarde desta quarta-feira (3) mais de 72 milhões de doses. 83% da população já foi imunizada com pelo menos uma dose da vacina e 68,50% têm o esquema vacinal completo. Nesta semana todos os adolescentes já podem procurar o posto de vacinação mais próximo da sua residência para tomar a segunda dose e ficar totalmente imunizado.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*