Política-ABC, São Bernardo do Campo, Sua região

Dória caminha com Morando e exalta derrota do PT

Morando e Dória: “vamos desenvolver ações conjuntas; a palavra de ordem é cooperação”. Foto: Eberly Laurindo

O prefeito eleito da Capital, João Dória (PSDB), participou ontem (11) de atividade de campanha do candidato à Prefeitura de São Bernardo pelo PSDB, Orlando Morando. A um público de aproximadamente 400 pessoas, o tucano comemorou o mau desempenho do PT em São Bernardo e afirmou ter recebido convite para participar de outras campanhas tucanas, mas optou pela cidade por ser o berço do petismo.

“Na cidade de São Paulo, assim como aqui em São Bernardo, encerramos o ciclo do PT, democraticamente, pelo voto direto, em uma demonstração de que o povo sabe escolher e votar”, afirmou Dória, que também cedeu seu slogan e jingle para a campanha de Morando – a música “João trabalhador” foi transformada em “Orlando trabalhador”, enquanto o slogan do tucano foi adaptado para “Acelera São Bernardo”. A estratégia é vincular Morando à imagem de Dória.

“Essa foi a nossa música, que emprestei para o Orlandinho. Temos muitas semelhanças de vida e de trajetória. O Orlando é trabalhador, assim como seu pai e sua família e a minha família também”, disse Dória. Morando, por sua vez, ressaltou a amizade “além da política” com o tucano.

O próximo prefeito da Capital também defendeu “cooperação” e ações conjuntas entre cidades da região metropolitana, além de ações para atração de investimentos. “Vamos desenvolver várias ações conjuntas em mobilidade urbana, em segurança pública, habitação popular, educação e em saúde. A palavra de ordem é cooperação. Vamos fazer muitos programas para atrair novos investimentos para São Paulo, São Bernardo e região metropolitana”, disse.

Ataques 

Na presença de Dória, Morando também atacou o governo do atual prefeito Luiz Marinho (PT) e criticou o apoio que integrantes da legenda declararam ao seu adversário no segundo turno, Alex Manente (PPS). “Não podemos eleger o PT, que já foi embora, mas não aceitaremos genéricos do PT. Ontem (segunda-feira) o prefeito, que ocupa o tempo dele para falar mal de mim, fez grande reunião na sede do Sindicato dos Metalúrgicos exclusivamente para me atacar e atacar o meu partido”, disse Morando, acrescentando que, se eleito, demitirá todos os atuais comissionados da prefeitura.

O candidato do PSDB, porém, rechaçou campanha “do ódio” e pregou agenda propositiva. “Quem quer ser prefeito em uma cidade como essa precisa ter responsabilidade e disciplina. Tivemos prefeitos indisciplinados aqui e outros que perderam tempo indo para a Suécia e prometendo fábrica de caças. O que nós vimos foi a Mercedes-Benz instalar uma fábrica em Iracemápolis (SP), enquanto temos uma unidade parada em São Bernardo”, disse o tucano, reafirmando o foco na geração de emprego em seu eventual governo.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*