Minha Cidade, Regional, Sua região

Dom Pedro pede que prefeitos e vereadores priorizem inclusão social

Dom Pedro pede que prefeitos e vereadores priorizem inclusão social
Cipollini: “Que ajam com responsabilidade e dignidade, conforme exige o cargo”. Foto: Divulgação

Na celebração da primeira missa de 2021, o bispo da Diocese de Santo André, Dom Pedro Carlos Cipollini, afirmou que prefeitos e vereadores eleitos e reeleitos que tomam posse nesta sexta-feira (1º) precisam promover políticas públicas voltadas, principalmente, aos mais carentes, a fim de superar as dificuldades causadas pela pandemia da covid-19 desde o primeiro trimestre de 2020.

“Hoje (sexta), os novos prefeitos e vereadores tomam posse de seus cargos no Brasil inteiro, cargos estes que são serviços a favor do povo. Rezemos para que se comportem como servidores do povo e que implementem políticas públicas em favor da população, em especial os mais carentes. Que ajam com responsabilidade e dignidade, conforme exige o cargo”, pediu o bispo diocesano.

A declaração foi dada durante a homilia da Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, realizada na manhã desta sexta-feira, na Catedral Nossa Senhora do Carmo, no Centro de Santo André. Fiéis compareceram à igreja respeitando os protocolos sanitários, como a limitação de 30% da capacidade, distanciamento social, uso de máscaras e álcool em gel.

“Esta pandemia evidenciou, no Brasil, o abismo que nos divide entre ricos e miseráveis. O desemprego, a fome e o desespero estão presentes, e a palavra de Deus que nós ouvimos exige de nós uma resposta urgente para sermos promotores da justiça e da paz. Vencemos o mal fazendo o bem”, conclamou Dom Pedro.

ANO DE SÃO JOSÉ

Segundo o bispo da Igreja Católica Apostólica Romana no ABC, o diferencial dos cristãos para reverter as adversidades é a prática do maior mandamento de Deus: o amor. “Somos convidados a ter uma vida humilde e simples, sem luxo, sem consumismo desenfreado, sem gastar em coisas que não servem para nada, abrindo espaço para a solidariedade”, orientou.

Para expressar esse modelo de atuação, o Papa Francisco convocou no dia 8 de dezembro o “Ano de São José”, por meio da Carta Apostólica “Patris corde – com coração de Pai”, que celebra os 150 anos da declaração do esposo de Maria como padroeiro da Igreja Católica.

“Somos convidados a cuidar um dos outros, e o modelo proposto pelo Papa Francisco é São José, que cuidou da Família de Nazaré. Que ele nos ensine a cuidar uns dos outros, a partir da nossa fé”, salientou Dom Pedro.

ESPERANÇA X PANDEMIA

Prestes a atingir a marca de 200 mil mortes pela covid-19, o Brasil tem assistido à politização da aprovação de vacinas, que traz incerteza sobre quando se iniciará, de fato, o calendário de imunização para toda a população. Para Dom Pedro, essa situação não pode se sobrepor à importância da vida e às prioridades para combater o aumento no número de óbitos registrados ao longo dos últimos dias.

“Encerramos 2020 com um saldo triste de mortes e dificuldades de toda ordem, mas a esperança não pode morrer. A palavra de Deus diz que Deus caminha conosco. Não podemos perder a esperança. Em Jesus, a vida vence a morte, e sua mãe Maria é a primeira testemunha da fé na vitória da vida sobre a morte. Cristo venceu a morte e o mal. Deu-nos a vida”, meditou o bispo, ao exaltar Maria como exemplo de fé e esperança para cada um de nós.

DIA MUNDIAL DA PAZ

Neste 1º de janeiro também é celebrado o Dia Mundial da Paz, proclamado em 1968 pelo Papa Paulo VI (que rezou o primeiro Dia Mundial da Paz com crianças hospitalizadas), como a proposta para que, neste dia, de modo especial, se rezasse pelas relações pacíficas diante dos muitos conflitos em andamento.

“No primeiro dia do ano civil invocamos a paz de Deus sobre nós. É o início de uma caminhada a ser percorrida de mãos dadas com esse Deus que nos ama. Que, em cada dia, nos cumula com sua bênção e nos oferece a vida em plenitude. Em Jesus, temos vida em plenitude”, complementou Dom Pedro.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*