Copa do Brasil, Esportes

Divididos, clubes decidem vagas nas semifinais

Cuca vai poupar ao menos nove titulares na partida desta noite no Allianz Parque. Foto: Arquivo

A decisão das quartas de final da Copa do Brasil, hoje (19), expõe oito clubes com realidades e intenções diferentes na reta final desta temporada.

A equipe que chegar à final da competição no formato mata-mata fará 12 jogos em 47 dias. Será um jogo a cada quatro dias, o que pode prejudicar as pretensões no Campeonato Brasileiro, de pontos corridos.

Quem não disputar a semifinal e a decisão da Copa do Brasil terá um jogo a cada seis dias pelo Brasileiro.

A maratona de jogos começa hoje, com as partidas de volta das quartas de final da Copa do Brasil, e vai até o dia 4 de dezembro, quando o Nacional chega ao fim.

Os clubes que deixam mais claras suas prioridades são Palmeiras e Internacional, que vivem situações opostas no Brasileirão.

Na liderança do torneiro de pontos corridos, o alviverde é o atual campeão da Copa do Brasil e, por isso, o torneio não é exatamente uma prioridade. O Brasileiro, por sua vez, não tem o Palmeiras como campeão desde 1994.

“Há muitos anos o Palmeiras busca esse título (do Brasileiro). Se for analisar está mais próximo que o título da Copa do Brasil. Se tiver de priorizar, vai ser priorizado o Brasileiro”, disse Cuca.

O técnico vai poupar ao menos nove jogadores titulares hoje. No jogo de ida, o Grêmio venceu o alviverde por 2 a 1. Uma vitória por 1 a 0, hoje, às 21h45, no Allianz Parque, garante os palmeirenses na semifinal.

O tricolor gaúcho deixou claro que vai com força total. Na última rodada do Brasileiro (empate por 1 a 1 com o Santos, na Vila Belmiro), Renato Gaúcho colocou em campo somente os reservas.

O Inter vive momento oposto ao do Palmeiras. Na 16ª colocação e um ponto acima da zona do rebaixamento, a equipe colorada está ameaçada de cair para a Série B pela primeira vez.

O técnico Celso Roth deve escalar apenas três titulares para a partida contra o Santos, em Porto Alegre.” Mais importante do que quarta (hoje, jogo da Copa do Brasil) é nosso momento no Brasileiro”, explicou.

Em contrapartida, os santistas devem usar todos os titulares. Com a liderança mais distante após o empate no domingo e perto de se consolidar no G6, o técnico Dorival Júnior aposta na conquista do título no mata-mata.

Formações principais

Atlético-MG, Juventude, Corinthians e Cruzeiro sinalizaram a utilização de suas formações principais.

Em situação parecida com a do Santos – longe do líder Palmeiras, mas com a vaga na Libertadores encaminhada –, o Galo entende que a Copa do Brasil é a última chance de título do ano. Por isso vai com força máxima para Caxias do Sul, onde joga pelo empate com o Juventude, após vencer o jogo de ida por 1 a 0.

Cruzeiro e Corinthians também terão força total. Sob o comando de Mano Menezes, a Raposa distanciou-se do Z4 e, por isso, a Copa do Brasil também entrou no radar da equipe, principalmente após o gol marcado no 2 a 1 do Itaquerão.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*