Saúde e Beleza

Dietas desequilibradas e seus efeitos indesejados

Dietas desequilibradas e seus efeitos indesejados
Juliana: “cansaço e falta de energia constantes geralmente  ocorrem quando a retirada de carboidratos é feita de forma errada, além de deficiência de alimentos fonte de ferro”. Foto: Arquivo pessoal

Quando realizadas sem acompanhamento, as dietas podem causar diversos problemas à saúde, uma vez que sem o balanceamento correto (e individual) de nutrientes, o organismo tem sua imunidade diminuída e, com isso, o risco para doenças é enorme, além, é claro das altas chances de se ganhar todo o peso perdido.

A nutricionis­ta Juliana Pizzocolo destaca alguns sinais de que sua dieta não está balanceada:

Cansaço e falta de energia constantes: geralmente isso ocorre quando a retirada de carboidratos é feita de forma errada, além de deficiência de alimentos fonte de ferro.

Sente muita fome e vontade de comer doces: esse é um sinal claro de que a dieta está desbalanceada. Uma fome em excesso é sinal de que seu corpo está mandando sinais para que você coma algo que proporcione energia rápida, ou seja, doces.

 Tem dificuldade em manter o peso, ou seja, ganha o que perdeu rapidamente: O efeito sanfona também é um dos sinais clássicos de dieta desbalanceada. Geralmente, quando o peso sobe, ultrapassa o peso máximo anterior. Isso é um mecanismo do organismo para a sobrevivência. Uma adaptação para que você consiga passar mais fome da próxima vez.

Dor de cabeça, irritabilidade e falta de concentração: mais sinais que o corpo dá quando os carboidratos são retirados da dieta de forma errada.

Você vive focado nas calorias dos alimentos: uma dieta balanceada não faz de você um escravo na contagem de calorias, pelo contrário, ela lhe dá conhecimento para que sua atenção esteja na combinação e na proporção dos alimentos corretos.

Você encara a dieta como um castigo: mais uma vez, uma dieta correta e equilibrada não faz o indivíduo so­frer. Se você sofre, está fazendo isso de forma errada.

Nas mulheres, a menstruação começa a falhar: isso ocorre pois na medida que a restrição de calorias (energia) é diminuída de forma errada, o metabolismo desacelera. Isso significa que ele começa a poupar energia para órgãos nobres (cérebro e coração por exemplo), deixando de lado o gasto de energia com a produção de hormônios.

1 comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*