Esportes, Futebol, Paulistão

Diego chora com nova chance na seleção para jogos das Eliminatórias da Copa

Diego voltou ao futebol brasileiro pensando na seleção. A proximidade da Copa do Mundo e a chance de ser lembrado por Tite fizeram o meia deixar a Europa após 12 anos e assinar contrato com o Flamengo em 2016.

A recompensa chegou ontem (3). O meia foi convocado para as Eliminatórias sul-americanas. Em 23 de março, o Brasil enfrenta o Uruguai em Montevidéu. Cinco dias depois, recebe o Paraguai no Itaquerão. “É um momento emocionante para mim. Esperei muito por isso”, disse.

Tite acredita que, com mais três pontos, a seleção garante a classificação para a Copa na Rússia em 2018. O Brasil lidera as Eliminatórias com 27 pontos e tem quatro de vantagem sobre o Uruguai, segundo colocado.

Diego tem chance para se mostrar como alternativa de camisa 10. Ao receber do diretor executivo do Flamengo, Rodrigo Caetano, a notícia da convocação, ele chorou. “Eu me preparei para esta oportunidade”, afirmou.

O meia já foi apontado no passado como futuro da camisa 10 da seleção. Ao ser campeão brasileiro pelo Santos, aos 17 anos, foi, ao lado de Robinho, o jogador mais badalado do país. Porém, pela seleção, nunca repetiu o sucesso que teve em clubes. Antes do amistoso com a Colômbia, em janeiro, passou sete anos sem ser lembrado.

“Diego se preparou, treinou durante as férias e está muito bem no Flamengo. Destacou-se contra a Colômbia”, justificou Tite.
O meia do Flamengo não foi o único Diego a chamar a atenção na lista. Diego Souza foi convocado para o ataque.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*