Política-ABC, São Bernardo do Campo, Sua região

Dib é expulso do PSDB por infidelidade partidária

Agora ex-tucano, William Dib vinha declarando apoio a Alex Manente (PPS). Foto: Eberly Laurindo

O ex-prefeito de São Bernardo e ex-deputado federal William Dib foi expulso do PSDB, partido onde estava filiado desde 2009 e pelo qual foi eleito para a Câmara dos Deputados em 2010. Os conflitos entre Dib e o partido vinham sendo relatados pela imprensa, com o ex-prefeito fazendo duras críticas às escolhas da legenda e à postura dos vereadores. Em junho, os três parlamentares do PSDB de São Bernardo pediram a expulsão do político.

Dib foi expulso, por unanimidade, por infidelidade partidária. “A representação foi elaborada pelos três vereadores (Juarez Tudo Azul, Pery Cartola e Hiroyuki Minami) depois de William Dib, por diversas vezes, ter criticado o partido e os parlamentares pela imprensa da região”, justificou o relator da Comissão de Ética da sigla, Mario de Abreu.

O caso foi analisado por cerca de três meses e, segundo o relator, foi dado amplo direito de defesa ao ex-deputado. “(Dib) apresentou a sua defesa, mas não arrolou testemunhas. Foi feito tudo dentro dos trâmites legais do partido. Agora, vamos comunicar e encaminhar a Justiça Eleitoral a decisão, para que sejam tomadas as providências”, completou.

O presidente municipal do partido, Fernando Leça, destacou que a expulsão do agora ex-correligionário encerra um período de desgaste para o partido. “Por diversas vezes o Dib usou a imprensa para reprovar as decisões do PSDB. Não estava participando mais de nada, não participou da convenção municipal. Quem provocou esse processo foi ele mesmo. O PSDB tem um regimento, estamos apenas seguindo”, pontuou.

Para o vereador Juarez Tudo Azul, um dos autores do requerimento que pediu a expulsão de Dib do PSDB, toda a situação foi premeditada pelo próprio político. “Era isso que ele queria. Todos sabem que está do outro lado, apoiando outro candidato”, declarou, referindo-se ao deputado federal e candidato a prefeito de São Bernardo, Alex Manente (PPS), oponente do candidato do partido ao mesmo cargo, deputado estadual Orlando Morando. “Ficamos muito ofendidos, porque usou a imprensa para dizer que não fazíamos oposição, citando outros parlamentares, de outro partido. Não temos nada contra a pessoa dele, mas agora poderá seguir o seu caminho, sem vínculo com o PSDB”, destacou.

Impasse 

Os problemas entre Wil­liam Dib e o PSDB começaram porque o ex-prefeito queria ser o candidato do partido para disputar a Prefeitura de São Bernardo. Dib foi chefe do Executivo são-bernardense em 2004, eleito na ocasião pelo PSB. Apesar de sua vontade, o partido indicou Orlando Morando para disputar a administração municipal, e o ex-deputado federal passou, então, a criticar tanto Morando quanto o partido e declarar apoio ao deputado federal, Alex Manente (PPS). Procurado, Dib não foi encontrado para comentar a expulsão. Cabe recurso da decisão.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*