Diadema, Minha Cidade, Sua região

Diademenses recebem horta comunitária

Na última terça-feira (13), o Programa de Agricultura Urbana, desenvolvido pela Secretaria de Segurança Alimentar, entregou a Horta Comunitária Barbosinha/Piratininga aos moradores do bairro Serraria. O projeto foi implantado em parceria com a Ecovias, pois o terreno está localizado na faixa de domínio da empresa, às margens da rodovia Imigrantes.

Localizada na Rua Júpiter, altura do nº 281, a horta possui 1.000 m2 e 58 canteiros. Alface lisa, alface crespa, alface roxa, rúcula, beterraba, coentro, salsinha, entre outros alimentos, serão cultivados sem uso de agrotóxicos. Além de serem mais saudáveis, trata-se de alimentos in natura, que apresentam nutrientes essenciais à saúde humana.

O objetivo do Programa de Agricultura Urbana é estimular e apoiar iniciativas de produção agroecológica em espaços públicos e/ou particulares, promovendo segurança alimentar e nutricional à população de Diadema.

A implantação da horta comunitária visa também ocupar espaços ociosos no município, intensificar o convívio entre as pessoas  da comunidade e elevar a autoestima a partir de atividades comunitárias. São 38 agricultores cadastrados até o momento que irão cuidar da horta com o apoio e orientações técnicas do Programa de Agricultura Urbana. Aproximadamente, 70 pessoas serão beneficiadas diretamente.

De acordo com o Guia Alimentar para a População Brasileira, a regra de ouro é fazer de alimentos in natura a base da alimentação e o Programa de Agricultura Urbana facilita no alcance desta meta. Além disso, estes alimentos auxiliam na prevenção e no controle de doenças causadas pela má alimentação.

Para a secretária de Segurança Alimentar, Maria Del Carme, “este programa, além de todos os benefícios que proporciona, integra também políticas sociais, resgatando a cidadania e a sustentabilidade urbana”.

Foto: Divulgação

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*