Arte & Lazer, Literatura

Diademense lança primeiro livro no Itaú Cultural nesta quarta-feira

Diademense lança primeiro livro no Itaú Cultural nesta quarta
Ribeiro, que lança Reservado, escreve desde os 6 anos. Foto: Lucas Sampaio

A palavra de um menino contra a violência é tema do primeiro romance de Alexandre Ribeiro, Reservado, que tem noite de autógrafos com slam de poesia nesta quarta-feira (24), às 20h, no Itaú Cultural.
No romance, Ribeiro narra a jornada de João Victor, um menino reservado, que mora em uma favela. O garoto apren­de com o pai a evitar a violência usando a imaginação e as palavras, como se fosse um habilidoso motorista de ônibus escapando dos buracos do asfalto.

O jovem passa, então, a se imaginar dirigindo um coletivo a caminho do seu destino, sem ter a mínima ideia do que a vida realmente lhe reserva. Assim, o autor convida o leitor a reservar um momento para embarcar nessa viagem, sentado ao lado de João Victor.

TRAJETÓRIA

Alexandre Ribeiro é escritor e jornalista e assina a coluna Da Quebrada Pro Mundo, do site do Itaú Cultural (www.itaucultural.org.br). É ex-secundarista das ocupações acontecidas nas escolas paulistas, em 2015, e formado pela agência-escola de jornalismo Énois. Também participa de projetos literários nas unidades da Fundação Casa.

Com 20 anos, é artista independente, acostumado a ven­der sua produção literária de mão em mão, e teve a vida salva pela arte. Nascido em Diadema, na Favela da Torre, onde vive até hoje, trabalhou com diferentes atividades, desde camareiro e office-boy de rappers, até se tornar um escritor.

A facilidade com a palavra, no entanto, colocou Alexandre no universo literário logo cedo: escreveu seu primeiro poema aos 6 anos, já abordando a desigualdade social. Aos 11 anos, no entanto, perdeu o pai em 12 horas de espera na fila do hospital. Essa violência transformou sua vida. Durante a adolescência, buscou superar a perda brutal do pai com tra­balho braçal. Depois de dois anos trabalhando como camareiro e vendedor de CD’s pelas ruas, Alexandre Ribeiro foi contratado em 2017 pelo Laboratório Fantasma, empresa criada pelo rapper Emicida e Evandro Fióti.

Aos 19 anos, criou o próprio selo, a Editora Miudeza, para poder publicar sua produção. Assim, em 2018, lançou o li­vro de poesia Inflorescência e, em 2019, veio Reservado, seu primeiro romance. A obra foi contemplada com o PROAC (Incentivo à Cultura do Estado de São Paulo), e também foi edi­tado pela Miudeza.

Serviço – Lançamento de Reservado, com bate-papo com o autor, sessão de autógrafos e slam com os poetas Cleyton Mendes, Felipe Marinho, Igor Chico, Kimani, Maré, Midria e Rosa Jennyfer. Entrada gratuita. Itaú Cultural, Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô. Tel.: 2168-1776/1777.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*