Diadema, Minha Cidade, Sua região

Diadema suspende cobrança do estacionamento rotativo

Diadema suspende cobrança do estacionamento rotativo
Comerciantes confeccionaram cartazes contra a cobrança da Zona Azul no Serraria. Foto: Divulgação

O prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV), decidiu suspender a cobrança do estacionamento rotativo em toda a cidade até o final do Estado de Emergência decretado por conta da pandemia do novo coronavírus.

A decisão ocorreu após reu­nião, nesta sexta-feira (17), com comissão de moradores e comerciantes do Serraria, contrários à cobrança, que teve início no último dia 8. O bairro foi o primeiro a contar com Zona Azul, além da região central da cidade.

Segundo Washington de Oliveira Silveira, um dos re­presentantes da comissão, Michels se comprometeu a suspender o estacionamento rotativo em toda a cidade. “O prefeito disse que não seria justo suspender apenas no Serraria. Por isso, afirmou que até o fim do Estado Emergência não haveria cobrança em todo o municipio. Ele até mostrou o ofício que vai en­viar à empresa que administra a Zona Azul”, destacou.

Na última semana, comerciantes do Serraria afixaram cartazes pelo bairro com os dizeres “Rotativo – Nós co­merciantes e moradores somos contra a Zona Azul”. Segundo, Silveira além da mobilização, foi feito abaixo-assinado com com mais de 3.100 assinaturas.

Washington de Oliveira afirmou que a comissão já havia se reunido com o secretário de Transportes, José Carlos Gonçalves, após interferencia dos vereadores. “Tivemos reunião com o se­cretario, mas sem muito êxito. Conseguimos suspensão (da cobrança), por 30 dias, na avenida Rotary, que é o principal foco, os quais venceriam dia 10 de agosto. Porém, em curto espaço de tempo conseguimos a reunião com o prefeito, que, sensibilizado pela movimentação, decidiu suspender a cobrança”, pontuou.

Questionada, a prefeitura informou, por meio de nota, que “o prefeito Lauro Michels se reuniu com uma comissão de comerciantes e moradores da cidade que relataram dificuldade na retomada econômica dos estabelecimentos e rotinas do dia a dia. Diante disso, a administração decidiu que até o final da retomada das atividades econômicas do Plano São Paulo do governo do Estado, a cobrança de estacionamento rotativo – Zona Azul está suspensa”.

O decreto com a suspensão da cobrança consta na edição de hoje do Diario Regional.

4 CComentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*