Esportes, Futebol

Dia seguinte à tragédia é marcado por homenagens de clubes às vítimas

Atletas do Corinthians fizeram oração pelas vítimas. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Desde que as notícias sobre a queda do avião que levava o time da Chapecoense a Medellín começaram a correr o mundo, na madrugada de terça (29), várias homenagens foram prestadas às vítimas.

Ontem, times como Corinthians, São Paulo, Cruzeiro, Flamengo e Grêmio voltaram aos treinos. Antes das atividades, os jogadores fizeram orações e prestaram tributo às vítimas.

No Corinthians, jogadores, comissão técnica e funcionários se reuniram no centro do gramado de um dos campos do centro de treinamento do clube e fizeram um minuto de silêncio e oração.
“Ontem e hoje o pensamento é só neles, nos familiares”, afirmou o zagueiro Vilson, que jogou na Chapecoense em 2015 e está emprestado ao Corinthians.

No São Paulo, os atletas lembraram de Mateus Caramelo, uma das vítimas fatais. O lateral era jogador do clube e estava emprestado à Chapecoense. O clube também homenageou Cleber Santana e o comentarista Mário Sérgio, ex-atletas do clube que morreram na tragédia.

Cabisbaixos, os jogadores se reuniram no banco de reservas do CT da Barra Funda e depois fizeram uma oração.
C

lubes europeus também fizeram homenagens ontem.

Em partida contra o Leonesa pela Copa do Rei, os jogadores do Real Madrid entraram em campo com uma camiseta com a mensagem “Todos somos Chapecoense”.

Também foi realizado um minuto de silêncio na partida entre Montpellier e Toulouse, pelo Francês.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*