Brasileirão, Esportes

Deyverson supera desconfiança e ganha novo ânimo com Scolari

A chegada de Luiz Felipe Scolari deu novo ânimo à carreira de Deyverson. O centroavante de 27 anos, contra­tado pelo Palmeiras em meados de 2017, foi recebido sob olhares desconfiados e sofreu críticas dos torcedores por suas atuações abaixo do esperado. Porém, agora, o jogador praticamente renasceu no alviverde.

Com a nova comissão técnica do Verdão, Deyverson vem ganhando mais oportunidades, já que Felipão prioriza esquema de jogo com um homem fixo na frente. Borja e Deyverson se alternam na função.

O faro de gols do carioca aparece aos poucos. Dos quatro que Deyverson marcou na temporada, três saíram nos últimos dois jogos do Brasileirão: um contra o Vasco, no Allianz Parque; e dois contra o Vitória, em Salvador.

“Deyverson precisava de confiança. Confiança, quando a gente dá e a pessoa recebe, cresce e passa a fazer algumas coisas com mais qualidade. Aí ela mesma se desenvolve. Foi isso o que aconteceu com o Deyverson”, elogiou Felipão.

O atacante chegou ao Palmeiras a pedido de Cuca, após se destacar no Alavés, da Espanha. Custou € 5 milhões (R$ 18,7 milhões, à época). “Hoje, mais do que nunca, a gente viu que o Deyverson é um atacante, que é um jogador que faz falta a qualquer time”, afirmou Scolari.

DESTAQUE

No primeiro treino visando ao duelo com o Botafogo, amanhã (22), Scolari viu um prata de casa mostrar na Academia que tem bola nos pés.

Contratado para o time sub-20 há menos de um mês, depois de rescindir com o Co­rin­thians, o lateral direito Lucas Minele, 19 anos, treinou com os profissionais.

Com direito a dribles e caneta em Diogo Barbosa, Minele despertou até certa irritação em Borja, que dividiu mais bruscamente com ele.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*