Esportes, Futebol, Paulistão

Deyverson pede desculpas à torcida, mas alerta: ‘Posso cometer outro erro’

Deyverson pede desculpas à torcida, mas alerta: ‘Posso cometer outro erro’
Deyverson: “Posso errar, sim. Sou um ser humano”. Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras

O atacante Deyverson foi escalado pelo Palmeiras ontem (25) para dar entrevista coletiva e explicar uma de suas mais recentes polêmicas. Após gravar vídeo em que se despedia de amigos e avisava que estava de mudança para a China, o jogador reiterou o desejo de continuar na equipe, mas não comentou sobre o comportamento no clube daqui em diante.

Deyverson está suspenso do Campeonato Paulista por ter cuspido no corintiano Ri­chard no clássico realizado no começo deste mês. O episódio alimentou a vontade da diretoria de negociá-lo com o exterior, mas pesou a vontade do atacante de continuar, mesmo diante de proposta enviada pelo Shenzhen FC, da China. A oferta superava R$ 50 milhões.

“A decisão é minha, eu decido se vou ou não. Conversei com minha família, devo muito ao Palmeiras. Quando che­guei, fui muito criticado e dei a volta por cima. Queria sair pela porta de frente e não como iria sair. Optei por ficar, pois amo o Palmeiras”, afirmou o jogador. Foi o técnico do Palmeiras, Luiz Felipe Scolari, quem anunciou a decisão de Deyverson, ainda no último sábado.

SER HUMANO

Durante a curta entrevista coletiva, o atacante respondeu a apenas três perguntas e comentou pela primeira vez sobre a cusparada. Deyverson chegou a ligar para Richard para pedir desculpas. “Foi um erro grave. Se eu falar que não vou cometer outro erro, vou mentir. Eu me arrependi muito, pois o Palmeiras sofreu bastante, meus companheiros e minha família também. Infelizmente, não podemos voltar atrás. Posso errar, sim. Sou ser humano”, comentou.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*