Política-ABC, Regional, Sua região

Deputada estadual Carla Morando realiza campanha para ampliar doação de sangue

Deputada estadual Carla Morando realiza campanha para ampliar doação de sangue
Carla esteve no hemocentro acom­panha­da pela  secretária Greici Picolo Morseli e as represen­tantes do projeto “Pílulas da Alegria”, Foto: Divulgação

Com a pandemia do coronavírus, os hemocentros estão com dificuldades de ampliar o estoques de sangue, que estão baixos. O número de doadores diminuiu, mas com os hospitais lotados a demanda não para de crescer.

A Colsan, banco de sangue de São Bernardo, opera com menos de 50% da capacidade. Pensando nisso, a deputada estadual Carla Morando (PSDB) lançou, nesta quarta-feira (13), campanha de incentivo nas redes sociais.

A líder do PSDB na Alesp esteve no hemocentro, acom­panha­da pela presidente do Fundo Social de São Bernardo e secretária de Cultura, Greici Picolo Morseli, e as represen­tantes do projeto “Pílulas da Alegria”, as palhaças Sorriso e Charopinha. Carla entregou ao hemocentro lista com 90 nomes e contatos de doadores.

“Fiz questão de entregar essa lista em mãos e incentivar a doação. Os estoques estão em baixa  e os hemocentros estão precisando de sangue de todos os tipos. Precisamos falar sobre o assunto e chamar todos os nossos amigos para doar. Os hospitais estão cheios, devido ao Coronavírus e precisamos ajudar nesta batalha. Doar sangue também é um ato de amor”, salientou a deputada.

A presidente do FSS e secretária de Cultura foi a responsável por fazer a lista. Greici contou com o apoio das entidades sociais ligadas ao município e também do projeto Pílulas da Alegria. “Entrei em contato com todas as entidades e expliquei a importância da doação. Tive uma aceitação muito boa. Voluntariamente, 90 pessoas se propuseram a vir doar. Estamos vivendo um momento complicado, mas juntos, conseguiremos vencer”, disse.

A captadora da Colsan, Nelci Couto Vanderly, agradeceu o apoio da deputada e salientou a importância da doação. “Os nossos níveis estão abaixo do recomendado e isso é muito preocupante. O hemocentro depende 100% da população para continuar fornecendo aos hospitais”, explicou a coletora.

A Colsan disponibiliza sangue para os hospitais municipais da cidade, sendo eles: Hospital Pronto Socorro Central, Hospital Anchieta, Hospital Municipal Universitário e Hospital de Clínicas.

Para doar, é necessário ter entre 16 e 69 anos e pesar mais de 50 quilos. O doador será submetido a uma avaliação médica antes do procedimento, onde será retirado uma amostra para testes de sorologia e anemia. A coleta pode durar no máximo 50 minutos e a retirada é de 405 ml a 495 ml. As mulheres podem doar até três vezes ao ano e os homens quatro oportunidades.

Para evitar a aglomeração de pessoas, a Colsan está funcionando apenas com horário agendado. Basta entrar em contato pelo telefone 4332-390. O horário de funcionamento é de segunda a sábado, das 8h às 13h

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*