Esportes, Futebol

De virada, S.Caetano e Água Santa avançam a 3ª fase

O São Caetano, de Marlon, levou a melhor no Nicolau Alayon. Foto: Adriano Stofaleti/AD São Caetano

O ABC colocou dois times na terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Junior. De virada, Água Santa e São Caetano venceram Estanciano-SE e Goiás, respectivamente, e avançaram na competição. A nota triste foi a do Santo André, que acabou eliminado nos pênaltis pelo Juventude.

Com isso, o futebol da região consegue realizar campa­nha melhor que a do ano pas­sado, quando teve um time eliminado na fase de grupos (São Caetano) e três na segunda fase (São Bernardo, Água Santa e Santo André).

Na Rua Javari, na Capital, o São Caetano pressionou o Goiás desde os minutos iniciais, mas saiu atrás no marcador com gol de Patrick, aos cinco minutos do primeiro tempo. Apesar do resultado adverso, o Azulinho não se intimidou e criou duas boas oportunidades antes de empatar a partida com Matheus, aos 47 minutos.

O gol da virada saiu nos acréscimos do segundo tempo. Matheus fez fila na defesa do Goiás e foi derrubado na grande área. O árbitro marcou pênalti, que Marlon converteu, aos 48 minutos.

O próximo adversário do Azulinho, provavelmente ama­nhã, será o Flamengo, que derrotou o Nacional por 6 a 0. As duas equipes se enfrentaram no encerramento da primeira fase, com empate por 1 a 1 no Anacleto Campanella.

Netuninho sofre

No Inamar, em Diadema, o Água Santa martelou o time sergipano no primeiro tempo, mas encontrou um adversário bem postado defensivamente, criou poucas oportunidades e, para piorar, saiu atrás do placar, com um golaço de André, aos 26 minutos.

Empurrado pela torcida, que compareceu em bom nú­mero ao Inamar, o Netuninho chegou ao empate aos oito minutos do segundo tempo com Felipe e virou com Gabriel Duarte, aos 26, em cobrança de pênalti.

O próximo adversário do Água Santa, também amanhã, será o Juventude, que venceu o Santo André por 5 a 3 nos pênaltis, após empate sem gols no tempo normal.

É a segunda eliminação consecutiva do Ramalhinho da Copinha nas penalidades. No ano passado, a equipe já havia caído na mesma fase e da mesma forma, pa­ra o Sampaio Corrêa-MA.

O Santo André até fazia um bom primeiro tempo, mas ficou em desvantagem numérica antes do intervalo com a expulsão do lateral-direito Bruno Souza.

Com um jogador a menos durante todo o segundo tempo, restou à equipe do técnico Ari Mantovani se defender e torcer para levar a decisão aos pênaltis. Conseguiu, mas Matheus Santos desperdiçou sua cobrança e o Ramalhinho acabou eliminado.

Horários e locais dos duelos serão definidos hoje pela Federação Paulista de Futebol. São Caetano e Flamengo devem jogar no Campanella. Água Santa e Juventude, no Inamar.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*