Curiosidades

Culpa do aquecimento global: mais uma ilha surge no oceano Ártico

mais uma ilha surge no oceano Ártico
Grupo de jovens russos descobriu a nova ilha no arquipélago de Nova Zembla. Foto: Sputnik/ Alexander Liskin

Um grupo de jovens russos descobriu uma nova ilha que surgiu no arquipélago de Nova Zembla (no oceano Ártico) devido ao descongelamento das geleiras.

Segundo comunica a agência espacial russa Roscosmos, um grupo de alunos que moram nos arredores de Moscou achou uma nova ilha ao examinar as imagens tiradas dessa área através de satélites Kanopus-V, Landsat-7/8 e Sentinel-1/2.
A ilha surgiu em dezembro do ano passado, quando se separou da parte frontal da geleira de Vilkitsky, localizada no oceano Ártico — seu tamanho atinge 0,19 km².

O comunicado revela que “os documentos necessários para registrar a nova ilha já foram transferidos para a Sociedade Geográfica Russa”.

Vale ressaltar que esta não é a primeira descoberta dos alunos russos nessa parte do oceano. Em 2016, eles também encontraram uma nova ilha no arquipélago de Nova Zembla.

Ao mesmo tempo, a Roscosmos avisa que o surgimento de novas ilhas significa que a degradação de geleiras em Nova Zembla se acelerou.  Assim, as estimativas dos alunos apoiados pela Roscosmos revelam que de 2001 a 2015 a velocidade anual de redução da área das geleiras dobrou em comparação com o período entre 1959 e 2001.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*