Saúde e Beleza

Crianças em internação domiciliar ganham bichinho de pelúcia personalizado

Pequeno pacientes recebem bichinhos personalizados com sua condição de saúde. Foto: Divulgação
Pequeno pacientes recebem bichinhos personalizados com sua condição de saúde. Foto: Divulgação

A pandemia é um período difícil e desafiador, principalmente para as crianças, por conta do isolamento social. Porém, para um grupo em especial este momento é ainda mais delicado: crianças que estão em internação domiciliar.

A fim de minimizar os efeitos desse período para esses pequenos pacientes, Hiromi Inoki, coordenadora da equipe multifuncional da Pronep, especializada em serviço de home care no Brasil, criou bichinhos de pelúcia que têm a mesma condição de saúde das crianças.

“A ideia nasceu por meio de uma postagem nas redes sociais feita pela mãe de um dos nossos minipacientes. Os bichinhos de pelúcia são personalizados de acordo com as condições de cada criança. Alguns terão a sonda de gastrostomia ou de traqueostomia, simbolizando inclusão e dando senso de pertencimento. O objetivo é fazer com que a criança se enxergue nos bi­chinhos e tenha um amiguinho que faça companhia durante todo o tratamento de saúde”, afirmou Hiromi Onoki.

A Pronep atende cerca de 130 crianças em internação domiciliar, muitas delas em condições de saúde mais delicadas, e que às vezes usam sonda de gastrostomia (necessária se o paciente não for capaz de ingerir pela boca comida suficiente para uma boa nutrição; desta forma, alimentos e líquidos são dados por meio de um tubo colocado na abertura no estômago) ou traqueostomia (orifício artificial criado cirurgicamente através de costa ou de frente do pescoço e em sua traquéia indicado em emergências – como dificuldade na respiração por vias aéreas – e nas intubações prolongadas).

Além dos bichinhos customizados, outros terão as co­res preferidas da criança, ou mesmo será o animal de estimação favorito, como ursinho, gato, cachorro, dinossauro, unicórnio. Também, o médico ou enfermeiro gravará uma mensagem de voz personalizada para cada paciente, que será colocada em um dispositivo dentro do bichinho e, quando apertado, o áudio poderá ser ouvido pelo pequeno paciente com uma mensagem bem carinhosa

A empresa contou com a parceria da Criamigos, que produziu e personalizou os bichinhos, e da Med Flex, fornecedora de sondas, que doou todo o material necessário para a adaptação dos mimos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*