Economia, Notícias

Cresce adesão à greve dos bancários no ABC; nova negociação ocorre hoje

Em seu sétimo dia, ontem (12), a greve dos bancários fechou cerca de 300 agências no ABC, do total de 480 situadas nos sete municípios, segundo o sindicato local da categoria.

Ainda de acordo com balanço da entidade, 5.700 trabalhadores cruzaram os braços ontem, do total de 6.600 que compõem atualmente a categoria bancária na região.

Hoje (13), a categoria – representada na mesa de negociação pelo Comando Nacional – volta a se reunir com Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), na Capital.

Na última sexta-feira, os bancários decidiram manter a greve iniciada no dia 6 e rejeitaram a proposta da Fenaban de reajuste de 7% (aplicado aos salários, à Participação nos Lucros e Resultados a aos benefícios), além de abono de R$ 3,3 mil.

A categoria havia rejeitado a primeira proposta da Fenaban – de reajuste de 6,5% sobre salários, PLR e auxílios, e abono de R$ 3 mil.

Os cerca de 140 sindicatos representados na mesa de negociação pelo Comando Nacional alegam que a oferta não cobre a inflação do período e representa perda de 2,39% para o bolso de cada trabalhador. Os bancários querem reposição da inflação do período (9,57%, pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor), mais 5% de aumento real.

No ano passado

A última paralisação dos bancários ocorreu em outubro do ano passado e teve duração de 21 dias. Naquela ocasião, a categoria aceitou reajuste salarial de 10%.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*