Minha Cidade, Regional, Sua região

Covid-19 reduz em 36% número de acidentes no trânsito do ABC

Covid-19 reduz em 36% número de acidentes no trânsito do ABC
Dados do Infosiga SP referentes a maio mostram ainda queda de 17% no total de mortes

O isolamento social ado­ta­do desde 24 de março no Estado de São Paulo para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus voltou a reduzir, em maio, o número de acidentes de trânsito no ABC tanto em vias municipais co­mo em rodovias.

Segundo o Infosiga SP, sis­tema de dados do governo do Estado gerenciado pelo progra­ma Respeito à Vida, os sete mu­nicípios registraram 494 acidentes no mês passado, com redu­ção de 35,5% ante o apurado no mes­mo mês do ano passado (766).

Na mesma comparação, o nú­mero de mortes no trânsito da re­gião também caiu – 16,7%, de 24 em maio de 2019 para 20 no mês passado (veja quadro acima).

O efeito da quarentena sobre o letalidade do trânsito já po­de ser observado também nos dados acumulados de 2020. De janeiro a maio, o ABC conta­biliza 2.939 acidentes, queda de 17,5% ante o apurado em igual perío­do do ano passado (3.563).

Na mesma comparação, o número de mortes caiu 16,7%, de 96 para 80 ocorrências.

Até meados deste mês, a atividade eco­nômica no ABC estava restrita às atividades essenciais. Desde segunda-feira (15), os sete mu­ni­cípios estão na Fase 2 (laranja) do Plano São Paulo de flexibilização da quarentena. A Fase 2 permitiu a reabertura do comércio de rua, concessio­ná­rias, escritórios, imobiliárias e shoppings, o que deve reduzir o isolamento social.

Ainda segundo o Infosiga SP, 75% das vítimas fatais de acidentes de trânsito no ABC em maio eram condutores dos veículos e 25%, pedestres.
No mesmo mês, as faixas etárias com mais mortes são as de 18 a 24 anos (quatro) e de 35 a 39 anos (quatro).

O Infosiga SP mostra também que, em maio, 70% das vítimas fatais morreram no local do acidente e os demais 30%, no hospital.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*