Brasileirão, Esportes

Corinthians goleia o Fluminense e entra de vez na briga por vaga na Libertadores

Corinthians goleia o Fluminense e entra de vez na briga por vaga na Libertadores
Jô abriu caminho para a goleada alvinegra na Neo Quimica Arena. Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

O Corinthians entrou de vez na briga por uma vaga na Copa Libertadores. Com futebol envolvente e boas tramas ofensivas, ganhou o confronto direto com o Fluminense de goleada. Com os 5 a 0 na Neo Química Arena, subiu para 42 pontos, a um da zona de classificação para a competição sul-americana. Caso o campeonato terminasse hoje, o último classificado seria justamente o tricolor carioca.

Derrotado, o Fluminense segue na sétima colocação e hoje estaria na Libertadores por causa da final da Copa do Brasil entre Grêmio e Palmeiras. Ambos estão no bloco da frente do Brasileirão, abrindo vaga para o sétimo colocado.

Jô, Cazares, Fagner, Mateus Vital e Luan foram os autores dos gols corintianos. Foi o 50° gol do centroavante com a camisa do Corinthians. Apenas o sétimo numa temporada na qual sofreu com lesão, suspensão e com a covid-19.

Agora são sete jogos de invencibilidade corintiana e quatro vitórias seguidas. Números que aumentam a motivação do grupo para o clássico diante do rival Palmeiras, na segunda-feira, no Allianz Parque.

Cientes que o G6 hoje se tornou G7, Corinthians e Fluminense pisaram no gramado da Neo Química Arena empolgados com a possibilidade de se consolidar na briga por vaga na próxima edição da Libertadores.

Sem perder há dois meses e descansado após 16 dias sem atuar, o Corinthians tinha um pequeno tabu pela frente em sua estreia em 2021. O time tropeçou diante do Fluminense nos últimos quatro encontros. Ganhar significava igualar a pontuação do Santos, o oitavo, e ficar apenas um atrás dos cariocas. Com a goleada, passou os santistas no saldo de gols.

Com posse de bola e toques rápidos, marcas registradas sob o comando de Vagner Mancini nesta série invicta, o Corinthians iniciou a partida com domínio e rondando a área carioca.

De tanto insistir, bastou encaixar uma boa trama, com troques precisos, para os paulistas abrirem o marcador. Fagner cruzou, Gustavo exigiu ótima defesa de Marcos Felipe. Esperto, Jô antecipou Luccas Claro e abriu o marcador.

Diferentemente de outros tempos, o Corinthians não se acomodou com o gol. Ao contrário, seguiu intenso, martelando na busca por vantagem maior. Cazares assustou e Mateus Vital carimbou a trave após desvio providencial de Marcos Felipe.

O Fluminense voltou para a etapa final com Nenê, Lucca e a promessa de um futebol mais ofensivo. Queria buscar o empate e foi castigado em duas belas jogadas ofensivas do Corinthians, ambas pela direita.

Aos 10, Gabriel iniciou o contragolpe e achou Gustavo, livre. O atacante serviu Cazares, que tocou rasteiro no cantinho: 2 a 0. Com enorme domínio, o Corinthians não demorou para ampliar. Cantillo lançou, Fagner dominou e soltou a bomba.

Entregue, o Fluminense não conseguia ameaçar Cássio e ainda viu um Corinthians cirúrgico em campo. Mateus Vital em belo chute, transformou a vitória em goleada. Os cariocas ainda se esforçaram pelo gol de honra nos minutos finais, mas foi Luan quem definiu o placar: 5 a 0.

 

CORINTHIANS 5 x 0 FLUMINENSE

Gols: Jô, aos 25 minutos do primeiro tempo. Cazares, aos 10; Fagner, aos 16; Mateus Vital, aos 21, e Luan, aos 47 minutos do segundo tempo. Árbitro: Rafael Traci (PR). Estádio: Neo Química Arena, em São Paulo (SP).

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Jemerson, Gil e Fábio Santos; Gabriel, Cantillo (Camacho) e Mateus Vital (Léo Natel); Cazares (Luan), Gustavo (Gabriel Pereira) e Jô (Everaldo). Técnico: Vagner Mancini.

FLUMINENSE

Marcos Felipe; Calegari, Matheus Ferraz, Luccas Claro e Danilo Barcelos; Yuri Lima, Hudson (Lucca) e Yago Felipe; Michel Araújo (Nenê), Wellington Silva (Caio Paulista) e Fred (Martinelli). Técnico: Ailton Ferraz.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*