Brasileirão, Esportes

Corinthians busca vitória para se manter no G6

Rodriguinho: “conseguimos entrar no G6 e  não podemos sair agora”. Foto: Agência Corinthians

De volta à zona de classificação à Copa Libertadores, o Corinthians espera não sair mais dela. Sexto colocado do Campeonato Brasileiro, o alvinegro protege a posição em uma rodada na qual obter três pontos é quase obrigatório.

Os comandados do técnico Oswaldo de Oliveira jogarão em casa hoje (29), às 16h30. A Chapecoense, no meio da tabela e sem objetivos reais na competição, está tão distante da zona de rebaixamento quanto da faixa de classificação à Liberadores.

A equipe catarinense não tem o Nacional como prioridade no momento. Em campanha histórica na Copa Sul-Americana, a equipe catarinense iniciará a disputa das semifinais, contra o San Lorenzo, na quarta-feira.

Por isso, o técnico Caio Júnior chegou a dizer que usaria uma “formação alternativa” em Itaquera. Acabou levando os titulares a São Paulo, mas é inegável que a partida é muito mais importante para o Corinthians.

“Conseguimos entrar no G6 e não pretende sair agora”, afirmou Rodriguinho, otimista após o empate por 2 a 2 com o vice-líder Flamengo, no último domingo.

A obrigação de bom resultado aumenta pelo fato de que três dos concorrentes diretos do Corinthians – Botafogo, Atlético-PR e Fluminense – também são mandantes na rodada. O Flu, porém, só empatou em casa ontem com o Vitória.

Há três novidades: Pedro Henrique, Camacho e Marlone. O primeiro está escalado por causa de uma preocupação com a partida contra o São Paulo, no próximo fim de semana, no Morumbi.

Como os zagueiros Vilson e Balbuena estão pendurados, Oswaldo resolveu escalar um só hoje. Caso os dois levassem cartão, o técnico se veria obrigado a usar o garoto Léo Santos, de 17 anos, no clássico. Por isso, Vilson enfrenta a Chapecoense, e o paraguaio deve retornar contra o São Paulo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*