Economia, Notícias

Coop investe R$ 13,4 milhões em nova unidade em São Bernardo

Hiroyuki Minami, Valle e Morando visitam o imóvel que abrigará a nova loja da Coop. Foto: Gabriel Inamine/PMSBC A Coop anunciou, ontem (22), a abertura, em meados de novembro, de nova unidade de distribuição, como chama seus supermercados. Será a quinta loja em São Bernardo, a 23ª no ABC e a 31ª da rede.

A unidade demandará in­vestimento de R$ 13,4 mi­lhões e será instalada no bairro Assunção, em imóvel onde antes funcionava uma operação da rede atacadista Seta. Sua instalação foi antecipada pelo Diário Regional na edição de 10 de agosto.

O anúncio teve a presença do presidente da cooperativa, Márcio Valle, e do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB).

A nova loja será instalada em um imóvel de 9.730 m², dos quais 4.160 m² de área construída. Terá 2.380 m² de espaço de vendas, dos quais 2.200 m² de autosserviço e 180 m² de drogaria.

O mix será composto de 26.800 itens, dos quais 18.800 no autosserviço e 8.000 na drogaria. O estacionamento contará com 180 vagas. A unidade terá 12 caixas, dos quais dez convencionais (dois na drogaria) e quatro autocaixas, que possibilitam o pagamento das compras sem ajuda de operadores.

“São Bernardo é a segunda maior operação da Coop (atrás apenas de Santo André), com quatro unidades. Além disso, tem o histórico de sempre colocar ra­pidamente as lojas que abri­mos em um patamar de vendas acima da média”, afirmou Valle, ao destacar que o novo supermercado deve gerar cerca de 150 postos de trabalho diretos, mais 40 indiretos.

A reforma no imóvel alu­gado começou há alguns dias. Da estrutura anterior ficarão apenas telhado e base – as paredes internas foram der­rubadas. A previsão é de que as intervenções demorem cerca de três meses.

“A Coop está focada naquilo que São Bernardo necessita: crescimento e geração de empregos. Quanto maior o varejo, maior a competição e melhor para o consumidor”, comentou Morando, ao destacar que outras duas redes vão se instalar na cidade nos próximos meses.

O prefeito destacou ainda que a Coop aderiu ao projeto Emprego Cidadão, que promove a inserção do público em vulnerabilidade social no mercado de trabalho.

Oportunidade

A loja não estava pre­­vista no plano de inves­ti­men­tos para 2017 apre­­sentado durante a As­sembleia Geral Ordinária re­alizada em março. Naque­la oportunidade, a Coop anun­ciou aporte total de R$ 91,4 milhões na ex­­pansão e modernização da rede, com a previsão de inauguração de três supermercados, sendo um em Ri­bei­rão Pires e dois em Soroca­ba.

Valle destacou, no entanto, que das duas novas lojas previstas no Interior do Estado, uma não será aberta, porque o proprietário do imóvel desistiu do negócio, e a segunda teve a inauguração adiada para o início de 2018.
Aberta em abril, a loja de Ribeirão Pires foi a primeira inaugurada no ABC desde outubro de 2010, quando a operação no bairro Itapark, em Mauá, teve início. Localizada no Centro, recebeu aporte de R$ 8 milhões.
A Coop também planeja dobrar o número de drogarias. Atualmente, a cooperativa possui 42 unidades, das quais 30 no interior dos supermercados e 12 de rua, mas o objetivo é chegar a pelo menos 80 no prazo de quatro anos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*