Esportes, Futebol, Paulistão

Contra ‘desesperado’, Água Santa tenta retomar liderança

Jorginho comanda treino do Água Santa no Inamar. Foto: Michael Sanches/Água SantaQuatro rodadas após perder a liderança do Campeonato Paulista da Série A2 para o São Caetano, o Água Santa pode recuperá-la hoje (8). Para isso, o time de Diadema precisa vencer o Rio Preto, em jogo marcado para as 15h no Estádio do Inamar, váli­do pela 16ª rodada da primeira fase da competição.

A quatro jogos do encerramento da fase de classificação, o Netuno é o vice-líder da Série A2 com 29 pontos, um a menos do que o Azulão. Os visitantes, por sua vez, ocupam a 18ª po­sição e estão dentro da zona do rebaixamento à A3.

Este será o primeiro dos três jogos que o Água Santa fará em sequência contra times ameaçados pela degola. Depois, os comandados do técnico Jorginho vão enfrentar Barretos (15º) e Velo Clube (14º), ambos fora de casa. No encerramento da primeira fase, o time retorna ao Inamar para encarar o Taubaté, que está na parte intermediária da classificação.

O Netuno tem bom retrospecto contra os “desesperados” nesta edição da Série A2. Em duelos contra times que, atualmente, estão no Z6, a equipe de Diadema venceu Barbarense, Capivariano e Mogi Mirim. Também obteve um empate no jogo contra o Oeste.

Jorginho, porém, não vê vida fácil. O técnico entende que duelos contra esses times ficam mais truncados e, por isso, vão impor dificuldades aos “aquáticos”.

No Rio Preto, o técnico Luiz Carlos Ferreira já faz contas e entende que o time precisa vencer três dos quatro jogos que ainda tem a disputar se quiser escapar do rebai­xamento. O clube prometeu prêmio extra aos atletas pela vitória no Inamar.

 

ÁGUA SANTA x RIO PRETO

Árbitro: Adriano de Assis Miranda. Estádio: Inamar, Diadema, às 15h

ÁGUA SANTA

Richard; Ivan, Leandro Silva, Luisão e Julinho; Rodrigo Sam, Raphael Toledo, Rai e Diogo Campos; William e Robson Duarte. Técnico: Jorginho.

RIO PRETO

André Lucas; Cleiton, Gustavo Carbonieri, Ednei e Alexandre; G.Noé, Leandro Brasília, Adri­ano Ferreira, Ewerton Ageu e Luiz Fernando; Wangler. Téc­nico: Luiz Carlos Ferreira.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*