Esportes, Futebol, Libertadores

Conmebol suspende Felipe Melo e três uruguaios provisoriamente

Felipe Melo foi um dos protagonistas da pancadaria. Foto: Cesar Greco/Agência PalmeirasA Confederação Sul-americana de Futebol (Conmebol) suspendeu provisoriamente o volante Felipe Melo, do Palmeiras, e três jogadores uruguaios (Matías Mier, Nahitan Nández e Lucas Hernández) pela briga generalizada após partida da Libertadores na última quarta-feira (26). A informação foi divulgada pela entidade em seu site.

“De acordo com o artigo 64 do Regulamento Disciplinar da Conmebol, o Tribunal Disciplinar tem competência para adotar medidas provisórias necessárias quando existe aparência de veracidade de que uma infração foi cometida”, diz o texto divulgado pela entidade.

A Conmebol disse ter avaliado imagens do ocorrido para tomar a decisão. O brasileiro Caio Cesar Rocha, presidente do Tribunal Disciplinar da Conmebol, disse à reportagem que, agora, as partes terão prazos específicos para elaborar suas defesas e o tribunal, então, julgará o ocorrido. De acordo com o dirigente, o processo deve durar entre 20 e 30 dias.

Com isso, de acordo com a pena provisória, Felipe Melo não participará dos dois próximos jogos do Palmeiras pela fase de grupos da Libertadores. Com a classificação praticamente garantida, o time também não deve contar com o jogador no primeiro duelo das oitavas de final.

Como a pena não é definitiva, o Palmeiras e o Peñarol ainda apresentarão suas defesas e a suspensão pode ser reduzida. Por outro lado, a pena também pode se tornar mais pesada, caso o Tribunal Disciplinar da Conmebol entenda que as agressões cometidas foram “graves”.

Um vídeo de dois minutos e oito segundos pode ajudar Felipe Melo na tentativa de mostrar inocência na briga com jogadores do Peñarol após a vitória alviverde. Na filmagem feita pelo Palmeiras de um ângulo mais aberto que o da TV, o clube quer mostrar que foram os jogadores do Peñarol que iniciaram a confusão.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*