Esportes, Libertadores

Conmebol antecipa julgamento do caso Gallardo para hoje

A Confederação Sul-Ameri­cana de Futebol (Conmebol) deve anunciar hoje (2) o resultado do recurso apresentado pelo Grêmio à comissão disciplinar da entidade. A equipe quer os pontos da partida contra o River Plate, realizada na terça-feira, em Porto Alegre.

Se o pedido for acatado, os gaúchos vão à final da Copa Libertadores contra o Boca Juniors, que eliminou o Palmeiras no dia seguinte, em São Paulo.

O Grêmio diz que o técnico do River, Marcelo Gallardo, descumpriu a suspensão imposta pela entidade ao ir ao vestiário no intervalo falar com o elenco.

Ontem, a Conmebol anunciou mudança nas datas das partidas da final da Libertadores, entre Boca Juniors e River Plate . Os jogos serão realizados nos sábados dias 10 e 24 de novembro. A primeira partida ocorre às 17h (de Brasília), em La Bombonera, o estádio do Boca Juniors.

Os jogos estavam marcados para os dias 7 e 28 de novembro, duas quartas-feiras, mas a secretaria de Segurança Pública de Buenos Aires disse que seria impossível fazer o policiamento do maior clássico do país. A partir do dia 30, será realizada na capital argentina a cúpula do G20, reunião dos países industrializados e emergentes.

A polícia da cidade afirma ser impossível garantir a segurança de dois eventos dessa magnitude em um espaço de tempo tão curto. Os dois jogos serão realizados sem torcida visitante, como ocorre no futebol argentino desde 2013.

O Boca confirmou a classificação na quarta-feira, ao empatar por 2 a 2 com o Palmeiras no Allianz Parque. O River havia avançado no dia anterior, ao derrotar o Grêmio por 2 a 1 em Porto Alegre.

UM JOGO

A final deste ano será a última em dois jogos. A partir de 2019, a Conmebol vai realizá-la em jogo único, nos mesmos moldes da Liga dos Campeões da Europa. No próximo ano, ocorre em Santiago, no Chile.

Será a segunda vez que Boca e River, os maiores rivais da Argentina, vão decidir um título de expressão. A única vez que isso aconteceu no passado foi em 1976, quando fi­zeram a final do Argentino, e o Boca venceu por 1 a 0.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*