Brasileirão, Esportes

Com Renê Júnior e Clayson, Carille muda o Corinthians

Com Renê Júnior e Clayson, Carille muda o Corinthians
Renê Júnior ganhou a posição de segundo volante no treino de ontem do Corinthians. Foto: Peter Leone/Futura Press/Folhapress

Após um retorno festivo aos trabalhos, com celebração pela conquista do Campeonato Paulista, Fábio Carille começou a armar o time do Corinthians para a defesa do título do Brasileiro. O treinador parece disposto a promover alterações.

Em relação à equipe escalada para a conquista histórica no Allianz Parque, no último domingo, dois atletas saíram. Ao menos no treinamento de ontem (12), o volante Maycon e o meio-campista Jadson deram lugar a Renê Júnior e Clayson.

A formação adotada no CT do Parque Ecológico, que deverá ser repetida contra o Fluminense, no domingo, em Itaquera, foi esta: Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Ralf, Renê Júnior, Romero e Clayson; Rodriguinho e Mateus Vital.

A entrada de Clayson não surpreende, já que o atacante só ficou fora da decisão por suspensão. A dúvida era sobre quem sairia. O técnico preferiu tirar Jadson e manter Mateus Vital, que se saiu bem diante do Palmeiras.

A saída de Maycon, que bateu o pênalti do título e vem jogando bem, não era tão previsível. Pode ter pesado a negociação do atleta com o Shakhtar Donetsk e certamente entrou na conta o desempenho de Renê Júnior (1,81 m) nas disputas de bola pelo alto, superior ao do concorrente (1,75 m).

Mesmo com a conquista do Estadual, Fábio Carille admitiu não ter encontrado a formação ideal do Corinthians. É o que busca agora, no início do Nacional.

Lucca emprestado

O Corinthians aceitou emprestar Lucca ao Internacional até o final do ano. O clube gaúcho não pagará nada pela cessão, mas arcará integralmente com os salários do atacante.

O atleta de 28 anos vinha sendo pouco aproveitado pelo técnico Fábio Carille. O atacante não fez gols nesta temporada, depois de retornar da Ponte Preta, mas bateu pênalti importante na conquista do Campeonato Paulista, no Allianz Parque, no domingo.

 

Coleta de depoimentos em inquérito sobre final do Paulista vai começar na terça-feira

O presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP), Antônio Olim, afirmou que o inquérito sobre a final do Campeonato Paulista entre Palmeiras e Corinthians colherá seus primeiros depoimentos na próxima terça-feira (17). Segundo o advogado, o clube alviverde solicitou que sete pessoas fossem chamadas para prestar esclarecimentos sobre a polêmica de domingo.

Na última terça-feira, o Palmeiras protocolou pedido de abertura de inquérito no tribunal para apurar os fatos que motivaram o árbitro Marcelo Aparecido a voltar atrás na marcação de pênalti sobre Dudu na final. O clube afirma que houve interferência externa na decisão e publicou vídeo com imagens do Allianz Parque para sustentar sua versão.

De acordo com Olim, o fato de o Palmeiras ter pedido a convocação de sete pessoas inviabiliza a possibilidade de escutar todas em um só dia. O plano é finalizar os depoimentos até o dia 20. Os envolvidos serão ouvidos no plenário do TJD-SP, em sessões abertas à imprensa.

Olim também disse que o inquérito seria aberto de qualquer forma, para esclarecer os fatos ocorridos na final, mesmo se o Palmeiras não tivesse entrado com o pedido.

Segundo o Palmeiras afirmou em nota oficial, após o término do inquérito, e dependendo dos resultados da investigação, o clube deve avaliar a possibilidade de pedir a impugnação da partida. O Corinthians foi campeão paulista após vencer o jogo por 1 a 0 (havia perdido a ida pelo mesmo placar) e levar a melhor nos pênaltis.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*