Brasileirão, Esportes

Com problemas, Diego Aguirre pode recorrer à base do São Paulo

Sem saber se poderá contar com o atacante Everton no jogo do próximo domingo (30), contra o Botafogo, o técnico do São Paulo, Diego Aguirre, começa a olhar para a base na tentativa de suprir a provável baixa. O primeiro nome que pode ter chance é Brenner.

O atacante de 18 anos vem treinando com o profissional e tem ido bem no Brasileiro de Aspirantes. Brenner, inclusive, marcou dois gols na vitória do São Paulo sobre o América-MG por 3 a 1, na última terça-feira.

Além dele, os jovens An­tony e Helinho, também de 18 anos, foram promovidos ao profissional. A dupla tra­balhou ontem com os demais jogadores e será opção caso Everton não atue no Rio.

“Helinho e Antony são jogadores rápidos, de ‘um contra um’, muito habilidosos. Tenho certeza de que serão jogadores importantes para o São Paulo”, elogiou Aguirre.

Logo após ser comunicado de que faria parte do elenco profissional, Antony ainda recebeu outra boa notícia.

O são-paulino teve o salário reajustado e viu seu contrato, que antes terminaria até setembro de 2020, ser estendido até setembro de 2023.
“Cheguei em 2011 e vivi muita coisa no clube. O São Paulo me ajudou dentro e fora de campo”, afirmou An­tony, o novo camisa 39.

SONHO DE CRIANÇA

Helinho ampliou em maio seu vínculo com o clube para abril de 2023. O camisa 37 não escondeu a emoção de subir para o profissional. “Foi um sonho de criança realizado. Não consigo descrever este momento”, afirmou.

Outro jogador promovido oficialmente foi o meio-campista Igor Gomes, 19 anos. O camisa 26 já vinha treinando no principal e já até foi relacionado para alguns jogos do São Paulo nesta temporada.

 

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*