Minha Cidade, Regional, Sua região

Com investimento de R$ 52 milhões do Estado, estações Utinga e São Caetano da CPTM passam por obras de melhorias

Liberação das obras foi assinada nesta quarta-feira. Foto: Divulgação/Consórcio ABC
Liberação das obras foi assinada nesta quarta-feira. Foto: Divulgação/Consórcio ABC

O secretário de Transportes Metropolitanos do Estado, Alexandre Baldy, assinou a ordem de serviço para a reforma das estações da CPTM de São Caetano e Utinga, em Santo André. Com investimento de R$ 52 milhões, serão feitas obras estruturais de instalação para sistemas de melhorias e ampliação das condições de acessibilidade.

“Assinamos a ordem de serviço hoje e iniciaremos a reforma imediatamente. O contrato tem prazo de 30 meses, sendo 18 meses de execução de serviço e 12 meses de operação assistida. A previsão de conclusão é para o início de 2024. Além de um serviço melhor, iremos garantir acessibilidade e fluidez aos passageiros, com conforto e segurança”, destacou Baldy.
“Assinamos a ordem de serviço para o início da reforma da nossa estação da CPTM. São Caetano pleiteou essa obra durante anos e, graças aos esforços da nossa gestão, junto com o deputado estadual Thiago Auricchio, ela finalmente começa a sair do papel”, destacou o prefeito em exercício de São Caetano, Tite Campanella.

A remodelação das estações integra o plano da CPTM de adequar e revitalizar as estações para oferecer acessibilidade com autonomia, total ou assistida, e segurança para pessoas com deficiência e com mobilidade reduzida.

“Esse plano de adequação de algumas estações, especialmente da Linha 10, é uma conquista importante para melhoria da prestação de serviço aos passageiros, com solução de acessibilidade e outros itens que vão ampliar a mobilidade e garantir conforto nos deslocamentos dentro das estações”, afirmou Pedro Moro, presidente da CPTM.

READEQUAÇÃO

As obras vão beneficiar 32 mil passageiros diários que utilizam as duas estações com ampliação da cobertura das plataformas, readequação das bilheterias existentes, instalação de elevadores, bloqueios acessíveis, rampas de acesso e sanitários públicos acessíveis, além de embarque e desembarque com total acessibilidade para garantir a fluidez dos passageiros com conforto e segurança.

As duas estações vão receber redimensionamento e adaptações nos equipamentos dos sistemas elétrico, hidráulico e reservatórios, bem como todos os equipamentos de detecção, alarme e combate a incêndio.

Para ampliar a segurança do embarque e desembarque nos trens, serão executadas regulari­zação e alteamento do piso das plataformas, saguão de acesso e entorno direto da estação. Já para melhorar o conforto dos funcionários, haverá ade­quação das salas operacionais existentes da estação com sanitários, vestiários e copas ope­racionais.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*