Uncategorized

Com infecção pulmonar, papa Francisco cancela ida à COP-28 em Dubai

Quando jovem, Francisco foi vítima de uma doença respiratória grave e teve de retirar parte de um dos pulmões

O papa Francisco cancelou a viagem que faria sexta-feira, 1º, a Dubai, onde participaria da Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), a COP-28. Aos 86 anos, ele está com infecção pulmonar e gripe, por isso seus médicos pediram que cancelasse a viagem. Quando jovem, Francisco foi vítima de uma doença respiratória grave e teve de retirar parte de um dos pulmões.

“Embora o estado clínico geral do Santo Padre tenha melhorado no que diz respeito à gripe e à inflamação das vias respiratórias, os médicos pediram ao papa que não realizasse a viagem prevista para os próximos dias a Dubai”, informou o Vaticano em nota oficial divulgada nesta terça-feira, 28, na qual foi anunciada a desistência da viagem. “O papa Francisco aceitou com grande pesar o pedido dos médicos e a viagem foi cancelada”, segue a nota.

“Como o papa e a Santa Sé continuam dispostos a fazer parte das discussões que terão lugar nos próximos dias, as formas como isto poderá ser implementado serão definidas o mais rapidamente possível”, conclui a nota. É possível, portanto, que o papa participe à distância do evento.

Estava programado para o dia 2 de dezembro um discurso do papa durante a COP-28, no qual iria cobrar atitudes concretas para redução de emissões de gases de efeito estufa. O pontífice participaria do evento durante três dias, e também iria se reunir com chefes de Estado. O papa tem usado uma bengala e uma cadeira de rodas devido a dores no joelho.

Desde que adotou o nome do santo patrono dos animais e do meio ambiente, o papa Francisco fez do meio ambiente uma das marcas de seu papado e havia grande expectativa sobre a sua participação na COP-28. Seria a primeira vez que um pontífice iria à conferência da ONU, desde seu início, em 1995. Francisco chegou a instituir na Igreja Católica, em 2015, a celebração do Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação. Esse dia, celebrado em 1.º de setembro, recorda que a crise ambiental deve ser preocupação de todos.

Esta foi a segunda vez que a saúde frágil do papa forçou o cancelamento de uma viagem ao exterior. O pontífice já teve de adiar uma visita ao Congo e ao Sudão do Sul, em 2022, devido a uma inflamação no joelho, embora tenha conseguido fazer a viagem no início deste ano.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe eu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*