Brasileirão, Esportes

Com golaço de Marinho, Santos supera o Sport no Recife

Com golaço de Marinho, Santos supera o Sport no Recife
Marinho foi mais uma vez decisivo no duelo realizado na Ilha do Retiro. Foto: Ivan Storti/SFC

O talento de Marinho garantiu a vitória do Santos sobre o Sport, nesta quinta-feira (20) à noite, no Recife, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Foi do atacante o único gol do jogo, marcado após  lindo chute muito bem colocado aos 30 minutos do segundo tempo.

O Santos somou a segunda vitória consecutiva no Brasileirão, enquanto o Sport perdeu o segundo dos cinco jogos disputados. Os dois times voltam a jogar no domingo. Os santistas terão o clássico com o Palmeiras, no Morumbi, enquanto os pernambucanos jogam mais uma vez em casa, desta vez com o São Paulo.

O primeiro tempo poderia não ter acontecido. Pelo menos para o Santos, dono da bola por mais tempo, mas muito lento. O goleiro Mailson só foi deixar de ser um espectador privilegiado, em pleno período de pandemia, aos 48 minutos, ao ter de impedir a única finalização correta do time santista. Kaio Jorge fez grande jogada.

Marinho e Soteldo tentaram imprimir velocidade nas jogadas, mas não demonstraram inspiração para concluir. Se o jogo fosse em uma Vila Belmiro lotada, com certeza, os atacantes teriam ouvido vaias nos primeiros 45 minutos de jogo.

O Sport, pelo menos, teve mais objetividade, mas também demorou para chegar com perigo na área de João Paulo. Aos 21 minutos, os pernambucanos tiveram três chances seguidas para abrir o placar. Bruninho e Elton, duas vezes, pararam nas boas intervenções do goleiro santista.

Aos 26, o Sport chegou a marcar seu gol. João Paulo afastou cruzamento com os pés e a bola caiu para Jonatan Gómez na entrada da área. A finalização bateu em Bruninho, em impedimento, antes de entrar no gol. O lance foi anulado corretamente pelo árbitro.

O Santos voltou melhor para o segundo tempo. Cuca colocou Tailson no lugar de Carlos Sanchez e passou a forçar todas as jogadas pelas laterais. A pressão proporcionou duas boas chances em cinco minutos. Marinho fez Mailson trabalhar e Soteldo quase fez um golaço, errando por muito pouco o ângulo esquerdo.

Ao perceber a melhora santista, o técnico Daniel Paulista fez duas alterações no Sport e colocou Betinho e Ronaldo Silva para tentar dar mais fôlego ao meio de campo. Não deu resultado. O domínio ficou com a equipe paulista, que passou a contar também com as tentativas de chutes de longa distância sem sucesso de Felipe Jonatan.

Com a falta de pontaria do Santos, o Sport ganhou a mínima confiança para tentar buscar algum contra-ataque mais perigoso, mas faltou organização em campo para conseguir agredir o adversário.

Porém, um lance individual sempre é a diferença do futebol. Aos 30 minutos, Marinho recebeu pela direita e bateu de pé esquerdo colocado, em grande estilo, para abrir o placar e fazer um belo gol.

Em desvantagem, o Sport criou coragem para ir ao ataque e Ronaldo Silva, de cabeça, exigiu grande defesa de João Paulo, aos 35 minutos. Cuca tirou Marinho e colocou Alex, o que trouxe o adversário ainda mais para cima. Os últimos minutos foram do Sport em seu campo de ataque. Porém, sem agressividade e abusando das bolas alçadas, não conseguiu o gol da igualdade no placar.

SPORT 0 X 1 SANTOS

Gol: Marinho aos 30 minutos do segundo tempo. Árbitro: José Mendonça da Silva Junior (PR). Estádio: Ilha do Retiro, Recife.

SPORT

Maílson; Patric, Iago Maidana, Adryelson e Luciano Juba (Sander); Willian Farias, Ricardinho (Hernane), Jonatan Gomez (Betinho) e Bruninho (Ronaldo Silva); Marquinhos e Elton (Philip). Técnico: Daniel Paulista.

SANTOS

João Paulo; Pará, Alison, Luan Peres e Felipe Jonatan; Jobson (Jean Mota), Diego Pituca e Carlos Sánchez (Tailson); Marinho (Alex), Kaio Jorge (Lucas Braga) e Soteldo (Marcos Leonardo). Técnico: Cuca.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*