Esportes, Futebol

Com artilharia solidária, Palmeiras tem o ataque mais positivo do Brasileirão

Cuca: “números dão certeza de que não há motivo para mudar”. Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras

O veterano Zé Roberto abriu a contagem na vitória sobre o Santa Cruz, por 3 a 2, no Recife e enfim, fez seu primeiro gol neste Campeonato Brasileiro.

Além de ajudar o Palmeiras a abrir três pontos na liderança sobre o vice Flamengo (57 a 54), aumentar para 63% contra 23% as chances de título, segundo o matemático Tristão Garcia, o tento do capitão contribuiu para engordar um número que ajuda a entender por que o time do técnica Cuca tem o melhor ataque da competição, com 50 gols em 28 partidas.

Se contar os três goleiros, o comandante escalou 32 atletas ao longo dessas apresentações, sendo que 17 balançaram as redes. O time só perde para o Coritiba, que anotou 35 tentos com 18 jogadores diferentes.

Entre os destaques da artilharia alviverde estão o goleador do torneio, o garoto Gabriel Jesus, 11 gols, empatado com Robinho, do Galo. Bem atrás dele vem cinco companheiros com quatro gols: os defensores Jean, Mina e Vitor Hugo e os atacantes Dudu, que cumpriu gancho contra o Santa Cruz; e Róger Guedes, autor do gol que fechou a vitória no Arruda.

Com o triunfo, o Palmeiras completou 19 rodadas em primeiro. Diante desse cenário favorável, Cuca enxerga o elenco cada vez mais fortalecido nesta reta final.

“Estamos três pontos na frente, mas não vejo tanta vantagem. O que me dá segurança são os números. O Palmeiras tem o melhor ataque, o artilheiro, a melhor campanha fora de casa e uma das melhores defesas. Os números dão a certeza de que não há motivos para mudar. É seguir o mesmo caminho”, disse o técnico.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*