Minha Cidade, Santo André, Sua região

COI de Santo André realiza primeiro flagrante e criminosos são presos

COI de Santo André realiza primeiro flagrante e criminosos são presos
“Tivemos o primeiro flagrante do COI, o que já mostra que estamos no caminho certo com esta central de monitoramento de primeiro mundo”, disse o prefeito Paulo Serra. Foto: Angelo Baima/PSA

O COI (Centro de Operações Integradas) de Santo André já começa a dar resultados com apenas uma semana de funcionamento. A central de monitoramento, que conta com mais de 300 câmeras espalhadas pela cidade, realizou um flagrante que culminou na prisão de cinco pessoas na madrugada deste domingo (30).

A Polícia Militar recebeu uma chamada por meio do telefone 190 sobre um veículo suspeito de estar envolvido em roubos a transeuntes na avenida Itamarati, região do Parque Jaçatuba. Em seguida, os policiais acionaram a equipe do COI, que conseguiu localizar o carro por meio das câmeras e auxiliou as viaturas da PM a efetuar a abordagem, que ocorreu em um posto de gasolina. Uma vítima, que teve seu celular roubado, reconheceu os suspeitos, sendo duas mulheres e três homens, que foram encaminhados para o 2º DP para registro da ocorrência.

“Tivemos o primeiro flagrante do COI, o que já mostra que estamos no caminho certo com esta central de monitoramento de primeiro mundo. Assim que o veículo foi visualizado, logo houve a comunicação e a ação da polícia, tudo com muita eficiência e rapidez. Vamos ampliar ainda mais o monitoramento pela cidade, não tenho dúvida que vamos melhorar e até o final do ano equipar com câmeras todas as unidades de saúde e educação. Com o COI, o céu é o limite. Vamos agregar cada vez mais tecnologias para aprimorar este serviço”, disse o prefeito Paulo Serra (PSDB).

O Centro de Operações Integradas foi inaugurado no último dia 18 de junho e reúne, no terceiro andar do prédio do Executivo, uma moderna central com imagens geradas pela Guarda Civil Municipal (GCM), Departamento de Engenharia de Tráfego (DET), Defesa Civil, Polícia Militar, SATrans e Samu. A integração favorece um atendimento mais rápido de ocorrências e proporciona um caráter preventivo na segurança, com o uso das imagens para auxiliar em investigações. O investimento para preparação do espaço e instalação das câmeras ultrapassa os R$ 4 milhões. O COI de Santo André conta, inclusive, com câmeras que possuem a tecnologia de reconhecimento facial. Com a entrega deste importante equipamento público voltado para a segurança, é possível não apenas realizar o monitoramento de ruas, avenidas e centros comerciais, mas também de toda a frota de ônibus municipais por meio do GPS e também de toda a frota do Samu.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*