Editorias, Notícias, Veículos

Citroën apresenta série limitada do C4 Cactus em parceria com a grife Rip Curl

Citroën apresenta série limitada do C4 Cactus em parceria com a grife Rip Curl
Detalhes da versão foram pensados para reforçar a conexão do SUV com o espírito jovem da marca de roupas australiana. Foto: Divulgação/Citroën

DANIEL DIAS
AutoMotrix

A Citroën apresentou o C4 Cactus Rip Curl no Brasil. A ver­são, que chega agora às concessionárias, é uma série especial desenvolvida em parceria com a tradicional marca australiana de surfwear, a Rip Curl. Nessa edição limitada, todos os detalhes foram pensados para reforçar a conexão do SUV com o espírito jovem e aventureiro da marca de roupas.

Segundo a fabricante francesa, agora pertencente ao Grupo Stellantis (que une FCA e PSA), a versão agrega detalhes de customização externa e interna, além de diferenciais e equipamentos exclusivos. O utilitário esportivo estará disponível na rede de concessionárias com pre­ço sugerido de R$ 112.990.

Sob o capô, o C4 Cactus traz o motor 1.6 VTi bicombustível de 118 cavalos de potência, associado ao câmbio automático sequencial de seis velocidades AT6 da Aisin. Segundo núme­ros divulgados pela marca france­sa, a versão acelera da imobili­da­de a 100 km/h em 13 segundos e tem média de consumo ci­da­de/estrada de 8,6 km/l.

Baseada na versão intermediária Feel Pack, a série Rip Curl recebeu personalização iné­dita, com bancos revestidos em couro, barras de teto flutuantes e rodas de liga leve de 17 polegadas pintadas em preto. Com botão de partida e tomada de 12V, a configuração conta com vários porta-copos, enquanto o console tem acabamento em preto brilhante e alavanca estilizada com seletor dos modos Eco (que favorece o consumo) e Sport (que privilegia o desempenho). Um pe­queno porta-trecos situado entre os bancos e o porta-luvas tem bom espaço, ao contrário de ou­tros compactos da Citroën.

A nova configuração traz frei­os ABS com distribuição eletrônica de frenagem (REF), controle de estabilidade (ESP) e de tração (ASR), quatro airbags, sensor de pressão dos pneus, assistente de partida em rampa (que mantém o carro parado por quatro segundos), abertura e fechamento de portas sem chave, partida por botão, sistema Isofix para cadeiri­nhas infantis, ar-condicionado di­gital automático, limitador e regulador de velocidade, sensor de chuva, assinatura lumino­sa em LED e acendimento automático dos faróis.

Apresentado pela montadora como um crossover, o C4 Cactus tem ângulo de entrada (o da fren­te) de 22º, de saída (o de trás) de 32º e altura em relação ao solo de 22,5 centíme­tros. Tem 4,17 metros de comprimento, 1,71 m de largura, 1,53 m de altura, 2,60 m de distância de entre-eixos, 1.225 kg de peso, capacidade para 320 litros no porta-malas sem o rebatimento do banco traseiro e 55 litros no tanque de combustível.

Ao contrário do que parece, o C4 Cactus é mais curto em comparação ao Nissan Kicks e ao Hyundai Creta, seus concorrentes diretos. A falsa impressão vem do fato de o teto ser rebai­xado e a área envidraçada ser menor. Como o SUV da Citroën tem a frente mais arredondada e a traseira estanque, o conjunto con­fere aspecto mais longilíneo, e isso é um ganho estético para o modelo. Com capô curto, a grade tem o duplo Chevron, com as lu­zes de circulação diurnas em LED e os auxiliares de neblina emoldurados com a cor do teto da versão Rip Curl, com o para-choque dianteiro mais robusto. Atrás, as lanternas duplas em LED têm efeito 3D.

O C4 Cactus Rip Curl está disponível na exclusiva combinação de Branco Banquise na carroceria com teto em Azul Esmeralda. A mesma tonalidade de azul está presente em deta­lhes externos, como nos frisos e embelezadores, nos auxiliares de neblina e nos airbumps (bolsas de ar emborrachadas) das portas. Internamente, os tapetes de tecido receberam bordado especial ta­lhado “Rip Curl”, com a mesma cor. A configuração tem central multimídia com tela de sete polegadas e espelhamento para Android Auto e Apple CarPlay.

Por fora, as rodas de liga leve Roby Ony e as barras de teto flutuantes aumentam a identidade única da versão. Para completar o visual, ade­sivos exclusivos “Rip Curl”, tanto nas portas diantei­ras como na tampa do por­ta-malas, buscam tornar o modelo mais jovem.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*