Política-ABC, Regional, Sua região

Citado na lista de Fachin, Vicentinho nega acusações

Vicentinho:  “nunca me envolvi com nenhuma corrupção”. Foto: ArquivoO deputado federal Vicente Paulo da Silva, o Vicentinho (PT), é um dos 108 citados nas delações dos executivos da Construtora Odebrecht, cuja lista foi divulgada na última terça-feira (11). Segundo a delação, Vicentinho teria recebido, em 2010, duas parcelas de R$ 15 mil, que não teriam sido contabilizadas nas doações oficiais, o chamado caixa 2. O petista nega.

“Também me surpreendi quando soube que havia sido citado. A Lava Jato investiga crimes milionários, R$ 10 milhões, R$ 50 milhões. Nunca me envolvi com corrupção e quem me conhece, sabe a minha história de vida, não tem dúvida”, destacou.

Na sua página no Facebook, o petista divulgou vídeo em que nega as acusações e mostra o documento do processo ao qual teve acesso. “Já fiz um vídeo que está sendo muito compartilhado, tenho recebido muito apoio de todos”, pontuou.

Vicentinho confirma que pediu doações à empresa. “Não era ilegal receber doações, então a gente pedia para todas. A Odebrecht negou, até mesmo porque, sou autor de vários projetos que defendem os direitos dos trabalhadores, em especial da construção civil, afetando diretamente os direitos da empresa”, afirmou.

O parlamentar garante que não recebeu doação da Odebrecht e que seus advogados já estão cuidando de tudo. “Quero defender a minha honra. Delatar qualquer um pode, mas agora tem que apresentar as provas. O ônus da prova quem acusa é quem tem que apresentar”, pontuou.

Lula

O deputado federal afirmou que as denúncias que têm sido feitas contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – que também é citado na lista divulgada essa semana pelo Supremo Tribunal Federal (STF) – têm como objetivo impedir a sua candidatura a presidente em 2018.

“Para a população, já está claro que é essa a grande jogada. Apesar de tantas acusações, até agora nada foi provado”, concluiu.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*