Diadema, Minha Cidade, Sua região

Circo Escola de Diadema recebe nova lona em noite de festa

Artistas de grandes circos brasileiros se apresentaram no picadeiro durante o evento. Foto: Eberly LaurindoA noite de ontem (27) foi de festa e celebração no Circo Escola Diadema. O equipamento, que é conveniado com a prefeitura da cidade há nove anos, estreou sua nova lona, adquirida com recurso oriundo do Prêmio Carequinha de Estímulo ao Circo – edição de 2015 – da Fundação Nacional das Artes (Funarte), órgão ligado ao Ministério da Cultura. “Apesar de termos sido premiados há dois anos, as verbas ficaram contingenciadas e só no meio do ano passado foram liberadas”, explicou a coordenadora pedagógica do Circo Escola, Viviane Tapias.

Com a premiação de R$ 170 mil foi possível comprar a nova lona, que custou R$ 140 mil e trocar todo piso do espaço. “Nossa lona tinha seis anos. Para um circo itinerante, o tempo de vida útil dela é de até dez anos, mas para as nossas necessidades, já estava precisando ser trocada”, pontuou Viviane. “Tivemos também uma forte chuva em 2010 que comprometeu um pouco. Mesmo assim, choramos ao desmontar a lona e ficamos com o sentimento de dever cumprido”, completou.

Além da troca da lona, foi comemorado ontem o Dia do Circo. A festa ficou completa com a apresentação dos alunos que frequentam as oficinas do espaço – atualmente, são 1,8 mil alunos, dos 3 aos 88 anos – e com artistas de grandes circos brasileiros, como Stankowich, Di Napoli, Estadones e Universo Casuo.

Marcos Casuo, empreendedor e idealizador do Universo Casuo, destacou a importância de projetos sociais que levem arte e cultura para as comunidades. “Independente do segmento artístico, a cultura é fundamental. O circo está no coração da humanidade e projetos como esse são sempre bem-vindos”, pontuou. “Dialoga com crianças, com adolescentes, com adultos. Tem tudo o que precisa para se formar um cidadão, além de abrir um grande leque de opções profissionais, com a parte técnica, de engenharia, de iluminação, de tudo que envolve o dia-a-dia do circo”, afirmou.

O prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV), ressaltou a parceria com a Associação Tápias Voadores, que mantém o Circo Escola. “É uma referência para a cidade e a gente sempre tem a intenção de ampliar”, afirmou. “Este ano, vamos inscrever o Circo Escola na premiação de iniciativa educacional do ano promovida pelo Banco Itau e pela Unicef”, destacou.

O Circo Escola começa a elaborar, também, projeto de uma rádioweb. “Já temos oficina de locução na rede e a ideia é aproveitar essa expertise aqui”, destacou Viviane. A instituição está captando parceiros e patrocinadores e o objetivo é que a rádioweb esteja funcionando no segundo semestre de 2017.

um comentário

  1. Eu tenho os vídeos estava lá no dia

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*