Arte & Lazer, Cinema

Cinema: estreias para todos os gostos

A Bailarina. Foto: Divulgação.

“Quatro Vidas de um Cachorro”

Quem ama animais vai se emocionar com a história de “Quatro Vidas de um Cachorro”. A história é narrada pelo cãozinho Bailey, que passa o filme todo em busca de seu primeiro dono, o favorito. Na trama, o animal morre e retorna três vezes, como já antecipa o título. Em todas essas ocasiões, reencarna como cachorros distintos, de diferentes raças, tamanhos e até gênero. Bailey, que começa sua trajetória como um simpático golden retriever, chega a viver como um pastor-alemão que ajuda a polícia a desvendar crimes.
A cada reaparição, ele tem de lidar -e amar, o que nunca é difícil- novos donos. Porém, nenhum deles é como o primeiro que Bailey teve, o jovem Ethan, vivido pelo ator K.J. Apa na fase adolescente e por Dennis Quaid na fase adulta.

“Até o último homem

Dirigido por Mel Gibson, o longa conta a história real de Desmont T. Doss, um jovem que, apesar de ser contra qualquer tipo de violência, decide se alistar no Exército dos Estados Unidos, durante a Segunda Guerra Mundial. Interpretado por Andrew Garfield (de “A Rede Social”, 2010), que concorre ao Oscar de melhor ator, Doss cresce em uma pacata cidade do interior norte-americano e tem uma relação conturbada com o pai, Tom Doss (Hugo Weaving), que é alcoólatra.
Quando seu irmão, Hal (Nathaniel Buzolic), alista-se no Exército, Desmont entende que também deve defender sua nação e vai à guerra, mesmo contra a vontade do pai e da namorada, Dorothy (Teresa Palmer).
Já no Exército, ele passa a ser hostilizado pelos colegas por se recusar a pegar em armas. Fiel aos seus princípios, Doss repete que se alistou como médico para salvar vidas e não para matar. Considerado covarde, ele sofre todo tipo de humilhação. Porém, durante a Batalha de Okinawa, no Japão, o jovem se mostra um bravo soldado ao arriscar a própria vida para salvar 75 colegas.

“Resident Evil 6 – O capítulo Final”

“Resident Evil 6 – O capítulo Final”  traz de volta a protagonista e sobrevivente do apocalipse zumbi Alice (Milla Jovovich). Agora  pretende juntar forças para extinguir os mortos-vivos da Terra, deter vilões que querem impedi-la e, assim, salvar a raça humana.

Na pele de Alice, Milla Jovovich é o grande destaque do filme, que conta com diversas cenas de ação, adrenalina, luta e perseguições. Diferentemente da saga “The Walking Dead”, por exemplo, em “Resident Evil”, os zumbis que ainda vagam pelo planeta após o apocalipse conseguem correr, o que dá ainda mais tensão às cenas.

A sobrevivente resolve voltar aonde tudo começou, Raccoon City, para, com a ajuda de antigos aliados, deter o vilão, Dr. Isaacs (Iain Glen), da Umbrella Corporation. Ele possui um antídoto contra o vírus. Mas ela só tem 48 horas para colocar as mãos nele. Somente com posse do antídoto Alice conseguirá extinguir zumbis, monstros e demais bichos esquisitos que ainda persistem na Terra. As cenas de luta entre os dois são um dos pontos altos da história final.

Quem ajuda a heroína é Claire Redfield (Ali Larter) e a sintonia entre ambas é admirável, com o protagonismo dividido nos momentos mais empolgantes. O restante do núcleo, que conta com atores como Ruby Rose e William Levy, contudo, é pouco explorado no último capítulo da franquia.

“A Bailarina”

Paris, 1869. Uma sonhadora menina órfã toma uma atitude arriscada para conseguir o que quer: foge para Paris para realizar o sonho de ser uma grande bailarina. Lá ela decide se passar por outra pessoa, e consegue uma vaga no Grand Opera, onde vai aprontar muitas aventuras.

“Paraíso”

Durante um terrível período de guerra e de intensos conflitos bélicos, as vidas de três pessoas acabam se cruzando: Olga (Yuliya Vysotskaya), uma aristocrata russa e membro da resistência francesa; Jules (Philippe Duquesne), um francês; e Helmut (Christian Clauss), um oficial de alta patente dentro das tropas nazistas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*