Minha Cidade, Regional, Sua região

Cidades do ABC vacinam profissionais da força de segurança

Em São Caetano, segundo a prefeitura, 1,5 mil policiais civis, militares, bombeiros, guardas civis municipais e agentes da Defesa Civil, entre outros, receberão a primeira dose na 3ª Companhia da Polícia Militar Foto: Divulgação/PMSCS.
Em São Caetano, segundo a prefeitura, 1,5 mil policiais civis, militares, bombeiros, guardas civis municipais e agentes da Defesa Civil, entre outros, receberão a primeira dose na 3ª Companhia da Polícia Militar Foto: Divulgação/PMSCS.

A vacinação de profissionais da segurança contra a covid-19 foi iniciada nesta segunda-feira (5) em ao menos quatro cidades do ABC: São Bernardo, São Caetano, Santo André e Ribeirão Pires. Em São Caetano, segundo a prefeitura, 1,5 mil policiais civis, militares, bombeiros, guardas civis municipais e agentes da Defesa Civil, entre outros, receberão a primeira dose na 3ª Companhia da Polícia Militar.

As doses são encaminhadas diretamente à Secretaria Estadual de Segurança, que faz a identificação dos profissionais conforme linha de atuação, em articulação com os gestores locais. A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza equipes para a vacinação, que ocorre das 8h às 18h, até sexta-feira (9).

Em Santo André, as equipes da prefeitura vão até os locais de trabalho desses profissionais. A cidade pretende imunizar todos os trabalhadores do setor até o dia 12 deste mês.

Cerca de 2 mil policiais militares, civis, técnico-científicos e federais, GCMs, bombeiros e agentes penitenciários serão vacinados até o fim desta semana. A imunização ocorre de forma centralizada, no quartel do 6º Batalhão da Polícia Militar, com agendamento prévio das próprias corporações.

Em São Bernardo, a expectativa é que 2 mil agentes recebam a primeira dose do imunizante até o fim desta semana, beneficiando profissionais das polícias Civil, Militar e Técnico-Científica, Corpo de Bombeiros, agentes penitenciários, Guardas Civis Municipais, Polícia Federal e da Polícia Rodoviária.

GUARDA MUNICIPAL

Ribeirão Pires precisou de apenas desta segunda-feira para vacinar todos os 111 Guardas Civis Municipais (GCMs) da cidade contra a Covid. Desse total, 47 guardas foram vacinados pelo próprio município e 64 receberam o imunizante no 30º Batalhão da Polícia Militar, em Mauá.

“É um alívio para todos nós profissionais que estamos diariamente pelas ruas, cuidando do nosso povo, mesmo com o sacrifício das próprias vidas”, celebrou o comandante da Guarda Municipal, Sandro Torres.

Desde o início da pandemia, 45% do efetivo da GCM de Ribeirão Pires já foi contaminado pela Covid, o que mostra o risco para os profissionais que estão na linha de frente combatendo as aglomerações e festas clandestinas.

SÃO PAULO

Em São Paulo, os profissio­nais em atividade das forças de segurança do Estado também receberam a primeira dose da vacina CoronaVac contra a covid-19 nesta segunda-feira. A aplicação das primeira doses ocorreu na sede da Academia de Polícia Militar do Barro Branco, na zona Norte da cidade de São Paulo. De acordo com o governo do Estado, até o próximo dia 15 todos os 180 mil profissionais já terão recebido a primeira dose da vacina.

“Eles são a linha de frente, são aqueles que estão em contato com o público, e queria destacar todos esses profissionais e agradecer pelo esforço, pela dedicação, pelo desprendimento que têm feito neste período de pandemia”, destacou o go­vernador de São Paulo, João Doria

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*