Esportes, Outros Esportes

Cidades do ABC se une para pleitear regionalização dos Jogos Abertos do Interior

Prefeitos participaram de reunião com o secretário estadual de Esportes, Gustavo Maiurino. Foto: Gabriel Inamine/PMSBCEm ação inédita no âmbito esportivo, cinco cidades do ABC se juntaram para pleitear a realização dos Jogos Abertos do Interior de 2017. A proposta é que na edição deste ano o torneio seja regionalizado, com atividades distribuídas entre os municípios do ABC. Tradicionalmente, o evento é realizado em um único município determinado pelo Estado

Ontem (16), o prefeito de São Bernardo e presidente do Consórcio Intermunicipal do ABC, Orlando Morando, o vice-prefeito de Santo André, Luiz Zacarias, e o chefe do Executivo de São Caetano, José Auricchio Jr., se encontraram com o secretário de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo, Paulo Gustavo Maiurino, na sede da pasta na Capital. Mauá e Ribeirão Pires também fazem parte do projeto.

“Apresentamos o pleito para receber, pelo Consórcio, os Jogos Abertos do Interior. Estamos buscando essa integração, porque muitas cidades acabam emprestando algum próprio esportivo e temos o entendimento de que a melhor solução é fazer esse evento regionalmente”, destacou Mo­rando.

A proposta é explorar as melhores estruturas esportivas de toda a região para o evento esportivo, que recebe cerca de 11 mil atletas, vindo de mais de 200 cidades de todo o Estado, além de diluir os custos envolvidos no recebimento da competição.

De acordo com o chefe do Executivo de São Bernardo, a proposta foi bem aceita pelo titular de Esportes do Estado, que ficou de apresentar um posicionamento sobre a demanda até o final deste mês

“A possibilidade de sediar os Jogos Abertos Horácio Baby Barioni conjuntamente é muito interessante. A qualidade dos equipamentos esportivos e toda infraestrutura da região do ABC permitem, certamente, que o evento seja realizado tranquilamente. Trata-se de uma competição de 81 anos de tradição, reveladora de talentos esportivos e que reúne aproximadamente 15 mil participantes. A Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo vê com muita positividade o interesse a união da região para sediar os Jogos”, afirmou Paulo Gustavo Maiurino.

Polo de atletas

“Fomos muito bem recebidos pelo secretário, que gostou da proposta e analisará a ideia. Este projeto parte de todo o ABC, representado pelo Consórcio Intermunicipal, e Santo André está junto nesta ação inédita, já que os Jogos Abertos nunca aconteceram em uma união de cidades. Santo André sempre foi um polo de bons atletas e temos desta vez um governo bem atuante na área esportiva, focado em resgatar o esporte da cidade.

As gestões anteriores pararam de olhar para este lado, mas o prefeito Paulo Serra e a Secretaria de Esporte e Prática Esportiva está desempenhando um grande trabalho para colocar Santo André novamente em evidência”, destacou Luiz Zacarias.

Ao lado de São Bernardo e São Caetano, a cidade pretende receber os atletas nos alojamentos, além de disponibilizar equipamentos esportivos, como os ginásios Pedro Dell’Antonia, Noêmia Assumpção e Parque Celso Daniel. “Uma importante proposta da nossa secretaria é resgatar o orgulho andreense no esporte de competição, referência na década de 1980 na cidade. Período em que a base esportiva estruturada era o fator incentivador para crianças e jovens buscarem o esporte como lazer ou ferramenta de ascensão social.

Queremos aproximar, novamente, e incentivar o munícipe a participar das ações esportivas locais. Dessa forma, os Jogos Abertos serem realizados na região auxiliam ainda mais nesse propósito”, destacou o secretário de Esporte, Marcelo Chehade.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*