Minha Cidade, Regional, Sua região

Cidades do ABC se mobilizam para reduzir mortes no trânsito

Em São Bernardo, agentes realizam blitze educativas. Fotos: Gabriel Inamine/ PMSBCOs acidentes de trânsito correspondem a 13,2 óbitos por 100 mil habitantes no Estado de São Paulo. A estatística nacional aponta 21 mortes a cada 100 mil pessoas, segundo o último Datasus, de 2014. Os dados são da Secretária de Segurança Pública. No ABC, nos primeiros três meses do ano, foram registradas 929 vítimas, das quais 26 foram fatais. A campanha Maio Amarelo, desenvolvida durante todo o mês, visa reduzir o número de acidentes e vítimas.

Em Santo André foram selecionados nove pontos que receberão ações de conscientização durante o mês de maio, com distribuição de material educativo e a abertura de uma faixa com uma mensagem alusiva as propostas do maio amarelo.

No Parque Regional da Criança, até 6 deste mês, os pequenos podem participar do projeto Pista Certa que busca, por meio de um espaço cenográfico, transmitir ao público infantil conceitos e orientações sobre segurança viária. Monitores treinados apresentam aos participantes esses conteúdos por meio de atividades lúdicas/pedagógicas.

Em São Bernardo, até dia 31 haverá blitze educativas, palestras, excursões escolares, distribuição de laços amarelos nos semáforos e equipamentos públicos, além de decoração de tendas na avenida Barão de Mauá, Centro. A iniciativa mobilizará dez veículos do Departamento de Trânsito do município, que serão deslocados para várias localidades, como os bairros Assunção, Rudge Ramos, região Central, entre outros.

A Prefeitura de Mauá terá uma série de ações na Praça 22 de Novembro das 11h até às 17h. Serão feitas simulações de primeiros socorros, com participação dos bombeiros e da Luz Vermelha, com informações de como proceder em caso de acidentes, além de um trabalho de conscientização que será realizado até o fim do mês nos semáforos da cidade e nas escolas municipais.

Em Ribeirão Pires foi rea­lizada na semana passada na Escola Técnica Estadual (ETEC) da cidade sobre boas e más condutas para os pedestres, com a participação de 500 jovens. As outras cidades não responderam até o fechamento desta edição.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*