Minha Cidade, Regional, Sua região

Chuva causa transtornos no ABC e alaga piso térreo do HMU de São Bernardo

Temporal provocou alagamento em vários pontos de São Bernardo; trânsito ficou parado por horas. Foto:  Marcelo Gonçalves/ Sigmapress/ FolhapressO piso térreo do Hospital Municipal Universitário de São Bernardo ficou completamente ala­gado, ontem (6), após o temporal que atingiu o ABC. Imagens veiculadas pelo SPTV, da Rede Globo, mostraram corredores, consultórios, salas de espera com água até a altura do joelho durante a tarde. Foram danificados quatro computadores, duas impressoras e uma geladeira. Os automóveis que estavam na frente do HMU foram guinchados.

A Prefeitura de São Bernardo informou que “a forte chuva que atingiu, na tarde desta segunda-feira (6)), a região do Rudge Ramos e, consequentemente, o HMU (Hospital Municipal Universitário), não trouxe prejuízos aos 97 pacientes que estão internados nas dependências do complexo hospitalar. Acrescenta-se que nenhum procedimento precisou ser interrompido. Ao término da chuva, a direção do HMU iniciou, imediatamente, procedimento de limpeza e higienização, dentro das normas previstas para ambientes hospitalares”.

Em São Caetano, em quatro horas choveu 50% da média esperada para março. Na região de Santo André, a linha 10-turquesa da CPTM chegou a ter a circulação interrompida por uma hora e 15 minutos entre as estações São Caetano e Prefeito Celso Daniel-Santo André por conta de alagamento.

São Bernardo registrou vários pontos de alagamento. Na avenida do Taboão, no bairro de Taboão, motoristas ficaram parados por mais de três horas aguardado as águas baixarem. A avenida Doutor Rudge Ramos também ficou alagada, afetando as linhas de ônibus municipais e intermunicipais que circulam na região.

Alagamento também interditou a pista central da Anchieta, afetando os dois sentidos da rodovia, por volta das 14h50. O sentido São Paulo ficou fechado por cerca de 30 minutos, enquanto o sentido litoral esteve bloqueado por mais de três horas.

Clima

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE), a chuva foi provocada por uma frente fria, que levou áreas de instabilidade para parte do Estado. Hoje (7), a frente fria se afasta de São Paulo, mas o tempo continua instável. A Capital e Litoral têm chuva a qualquer hora. Na Grande São Paulo, que inclui o ABC, a temperatura continua baixa, com chuva durante todo o dia, com mínima de 19º C e máxima de 25º C.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*