Esportes, Libertadores

Chape faz 1º voo internacional após tragédia para jogo histórico

Pouco mais de três meses após a tragédia com o avião que deixou 71 mortos, a Chapecoense voltou a fazer viagem aérea internacional, de novo para o maior confronto de sua história.

Hoje (7), a equipe catarinense fará sua estreia pela Libertadores, diante do Zulia-VEN, às 21h45, pelo Grupo 7 da competição sul-americana. Esta é a primeira participação da Chape no torneio.

Embora tenha chegado a Maracaibo ontem, a viagem da delegação começou na noite de sábado, quando embarcou em avião fretado de Chapecó para São Paulo. Depois, um voo comercial com conexão no Panamá levou o time até a Venezuela.

Na chegada ao local, os jogadores foram recepcionados com palmas. “Aqui estamos com muita satisfação e alegria, recebendo todo este calor humano”, afirmou o presidente da Chapecoense, Plinio David De Nês Filho, que agradeceu o povo da Venezuela.

A classificação da Chape à Libertadores veio graças à conquista da Copa Sul-Americana de 2016. Em um gesto de solidariedade, o Atlético Nacional-COL, adversário do time na final, abriu mão de disputar a decisão.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*