Diadema, Minha Cidade, Sua região

CEU das Artes de Diadema mostra cantos vissungos

CEU das Artes de Diadema mostra cantos vissungos
Peça traz canto entoado pelos escravos em Minas Gerais. Foto: Divulgação

No próximo sábado (24), às 16h, no CEU das Artes, em Diadema, será apresentado o espetáculo “Episódio II: Mileke entre Pedras e Piercings” que aborda e  investiga as potências criativas atuais dos vissungos, antigos cantos afro-brasileiros de raiz Bantu.  Esse tipo de canto, originalmente exclusivo de africanos, era entoado pelos escravos em Minas Gerais, durante o trabalho de extração de minério, entre os séculos XVII e XIX.

A peça é realização do Núcleo Artístico Elemento PER e a sua concepção desenvolveu-se em torno das memórias de Ivo Silvério da Rocha, relatadas no livro autobiográfico “Memórias de um Catopê”.  Considerado um dos últimos vissungueiros, Ivo, oriundo da vila de Milho Verde, interior de Minas Gerais, viveu entre 1972 e 1979, na cidade de São Bernardo do Campo, onde trabalhou como metalúrgico e em uma empresa de asfalto. Hoje, vive na região do Alto Jequitinhonha e, além dele, só mais uma pessoa conhece estes cânticos, o senhor Pedro, morador do Quartel do Indaiá, em Diamantina, cidade também localizada em Minas Gerais.

“Episódio II: Mileke entre Pedras e Piercings” integra a pesquisa teatral Garimpar em Minas Cantos de Diamante, dirigido e concebida pelo ator, professor e músico Luciano Mendes de Jesus.  Constituído de duas fases, a primeira foi o “Episódio I: Uendacongembo”. O projeto teve incentivo do ProAC- Programa de Ação Cultural, do Governo do Estado de São Paulo, que visa difundir e promover cultura.

O espetáculo é com entrada gratuita e tem a participação de Adriellen Neves, Debora Vaz, Jean Rocha, Jéssica Pina e Marisa Mariano.  Todos são jovens atores  com formação no Centro Livre de Artes Cênicas (CLAC), de São Bernardo do Campo e na Escola Livre de Teatro (ELT), de Santo André. A Iluminação é de André Mutton.

Serviço

CEU das Artes – Centro de Artes e Esportes Unificados –  Av. Afonso Monteiro da Cruz, 254, Jardim União. Tel.4043-5476.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*