Minha Cidade, São Bernardo do Campo, Sua região

Cetesb inaugura laboratório para veículos a diesel

Técnico detalha equipamento a Megale, Salles e Morando. Foto: Eberly LaurindoA Companhia Ambiental do Estado de São Paulo inaugurou ontem (17), em São Bernardo, laboratório para análise de emissões de veículos diesel. Fruto de investimento de R$ 12 milhões, o equipamento está instalado em terreno de 15 mil metros quadrados onde já funcionam duas agências da autarquia e uma estação de monitoramento da qualidade do ar.

No local serão realizados ensaios de emissão de poluentes no âmbito do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Pro­conve), de alcance nacional. O programa impõe limites compulsórios à emissão de gases e ruído dos veículos novos. Na prática, isso significa que todo modelo – nacional ou importado – vendido no país é submetido, obrigatoriamente, à homologação quanto às emissões.

Como o laboratório da Cetesb atualmente em funcionamento na Capital é capaz apenas de realizar ensaios em veículos leves do ciclo Otto (gasolina, álcool e GNV), a homologação de veículos a diesel era feita em outros equipamentos do gênero instalados no país, a maioria de propriedade das montadoras.

“Trata-se de um laboratório similar aos mais modernos do mundo, mais um passo do governo do Estado no esforço de controlar a qualidade do ar”, afirmou o secretário estadual de Meio Ambiente, Ricardo Salles.

O valor provém de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado em 2008 entre o Ministério Público, a Petrobras e a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), que deixou de cumprir a fase P6 do Proconve em 2009.

À época, a associação das montadoras argumentou que a petrolífera vendia diesel com alto teor de enxofre e, por isso, não teria como atender os limites de emissões.

Coube à Anfavea a construção das edificações e a aqui­sição dos equipamentos. “O laboratório traz para a Cetesb capacidade adicional de realização de testes e desenvolvimento para as fases futuras do Proconve – que, desde 1986, reduziu em mais de 95% a emissão de gases poluentes por veículos”, disse o presidente da Anfavea, Antonio Megale, durante a cerimônia de inauguração.

Dois dinamômetros

Segundo Edson Elpídio Neto, gerente da Divisão de Avaliação de Ensaios de Veículos da Cetesb, o laboratório tem um dinamômetro de chassi para avaliação de veículos diesel leves e outro de bancada para ensaios em motores de até 670 cv. A capacidade é de 120 e 30 ensaios anuais, respectivamente.

São Bernardo também vai abrigar um segundo laboratório para ensaios em motos e veículos leves dos ciclos Otto e diesel, a cargo da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Inauguração

Ao discursar durante a cerimônia de inauguração do laboratório para análise da emissão de veí­culos a diesel, ontem (17), o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), lembrou que o local onde funciona hoje o complexo ambiental da Cetesb já abrigou pátio de veículos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

“Aqui havia um depósito de carros velhos. Imagine o transtorno causado à vizinhança… Hoje, a área é mais bem ocupada. No primeiro momento, sediou as agências da Cetesb e, agora, um equipamento de alta tecnologia para o controle ambiental”, disse o prefeito, lembrando que São Bernardo é sede de montadoras de caminhões.

O terreno foi cogitado pa­ra abrigar um Centro de Detenção Provisória (CDP) e, posteriormente, unidade da Fundação Estadual para o Bem-Estar do Menor (Febem, atual Fundação Casa). Porém, o governo desistiu da ideia após pressão popular.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*