Diadema, Minha Cidade, Sua região

Centros comerciais de Diadema têm policiamento exclusivo neste Natal

Centros comerciais de Diadema têm policiamento exclusivo neste Natal
Ação visa dar tranquilidade aos comerciantes e à população no período que antecede ao Natal. Foto: Mauro Pedroso/PMD

A Prefeitura de Diadema deu início nesta quarta-feira (12) à Operação Natal Seguro, a fim de proporcionar tranquilidade aos moradores e visitantes que decidirem fazer as compras para a data nos três centros comerciais do município – Centro, Piraporinha e Serraria.

Segundo o secretário de Defesa Social, Paulo Fagundes, o objetivo da ope­ração é aumentar a tranquilidade dos comerciantes e da população durante o período que antecede o Natal. “A parcela que é atribuição do município ela vem sendo feita através de planejamento, com a Ope­ração Natal e reforço do policiamento na área comercial, como é reali­zado em regiões de grande movimentação de pessoas. A GCM (Guarda Civil Municipal) vai ampliar o efetivo, que percorrerá as regiões a pé, em viaturas e em motos. O número de rondas também será aumentado, pois o fluxo de pessoas é maior nos centros comerciais nesta épo­ca”, destacou Fagundes em entrevista ao Diário Regional, durante reunião realizada no último dia 3 na Câmara, para discutir a segurança no município.

As ações de reforço de policiamento prosseguem nos centros comerciais até o dia 24 deste mês.

ANJOS DA LEI

Em 2019, a prefeitura lançará a Operação Anjos da Lei, que visa ao fortalecimento da aproximação do efetivo com a comunidade. “A Guarda Municipal vai desencadear, em médio prazo, projeto de visibilidade e proximidade a partir de estudos científicos dos indicadores criminais, para mostrar presença preventiva, o que existe de mais avançado em policiamento, com novo layout de viaturas e uniformes. Essa ação vai melhorar a percepção de segurança da população”, afirmou o secretário.

O secretário de Defesa Social destacou que a integração entre as polícias Civil, Militar e Guarda Municipal vai ter continuidade por meio de ações conjuntas e planejamento ope­racional. “Trabalhamos com os indicadores de criminalidade da Secretaria de Segurança Pública do Estado para planejamento das medidas adotadas.”

Durante encontro na Câmara, realizado a pedido do vereador Audair Leonel (PPS), unanimidade entre as reclamações dos demais parlamentares presentes foram os pancadões, que perturbam os munícipes e causam insegurança onde são realizados. Há cerca de quatro anos eram 50 pontos de pancadões no município, número que caiu para oito com a intensificação da fiscalização.

“Em relação aos pancadões, o trabalho já vem sendo feito. A prefeitura nos deu liberação para desenvolver a Operação Casa em Ordem, que nada mais é do que força-tarefa para agir dentro da legalidade, a fim de proporcionar tranquilidade aos moradores, que tanto anseiam dormir em paz. Já existe a lei 2135 que garante essa ação e agora a Guarda Municipal, em integração com a Polícia Militar, percorre a cidade fazendo fiscalização nos pontos de denúncia, para garantir a ordem e fazer com que seja cumprida a lei”, des­tacou o secretário.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*