Diadema, Minha Cidade, Sua região

Centro de Convivência da Melhor Idade de Diadema comemora 23 anos

Centro de Convivência da Melhor Idade de Diadema comemora 23 anos
Aniversário de 23 anos do Centro de Convivência da Melhor Idade de Diadema. Foto: Thiago Benedetti/PMD

O Centro de Convivência da Melhor Idade (CCMI) comemora 23 anos de atividades com baile realizado no salão da Transitória Casa do Caminho. O evento contou com a presença dos frequentadores do serviço e de autoridades como a responsável pela Coordenadoria da Mulher, Silvana Guarnieri.

“Este evento é mais que uma festa. É a celebração de uma política pública importante para o município. O CCMI é um Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Secretaria de Assistência Social e Cidadania que contribui para o envelhecimento saudável e ativo dos idosos”, ressaltou a secretária interina de Assistência Social, Caroline Rocha.

A festa foi agitada pelas músicas dos anos 60, 70 e 80 com discotecagem do Matéria Rima. Atualmente o CCMI conta com 500 pessoas cadastradas e 90 usuários que frequentam regularmente o espaço, sendo a maioria mulheres (92%), com idade entre 60 a 95 anos, viúvas, residentes no Centro de Diadema.

Isabel Pereira, de 66 anos, conta que não consegue ficar em casa vendo a vida passar. “É preciso curtir a vida. Investir em si mesmo, viajar, curtir, viver. Eu gosto muito de frequentar o CCMI”, disse.

O CCMI é um órgão da Secretaria de Assistência Social e Cidadania que oferece aos idosos diversas oficinas como tricô, crochê, pintura em tecido, pintura de tela, patchwork (trabalho com retalhos), dança cigana e do ventre, zumba, carimbó e também atividades como tênis de mesa, ginástica com treino funcional e dominó.

“É um espaço para convivência, participação social, promoção de saúde e bem estar psicológico e social. É uma alegria comemorar essa data”, explicou o gerontólogo e coordenador do CCMI, Tiago Nascimento Ordonez.

CMI

O município conta com o Conselho Municipal do Idoso (CMI) que tem como objetivo auxiliar a Prefeitura a fiscalizar e melhorar a qualidade de vida dos idosos, dando espaço para que esta parcela da população seja ouvida. O CMI é um órgão de deliberação da política municipal do idoso e de fiscalização de entidades de atendimento, sendo um instrumento fundamental para o controle social das políticas voltadas ao idoso.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*