Diadema, Política, Política-ABC, Sua região

Célio Boi é escolhido líder do governo Michels

Célio Boi protagonizou embate no PSB para ficar na oposição antes da eleição. Foto: DivulgaçãoO vereador de Diadema Célio Lucas de Almeida, o Célio Boi (PSB), será o novo líder do governo na Câmara. A informação foi antecipada pelo Diário Regional na edição de quinta-feira (19) e confirmada ontem (20) pela assessoria de imprensa do Legislativo.

Célio Boi será o quinto líder do prefeito desde quando o chefe do Executivo assumiu o Paço em 2013. A indicação será lida na primeira sessão do ano, no dia 2 de fevereiro.

A indicação de Célio tem como objetivo eliminar, de uma vez por todas, qualquer chance de o socialista não compor com o governo. O vereador resistiu muito a declarar adesão à situação, tendo protagonizado uma disputa interna no PSB quando declarou apoio ao candidato derrotado no segundo turno, o ex-vereador Wagner Feitoza, o Vaguinho (PRB).

Para o parlamentar, não existem mais arestas. “Tivemos uma divergência política e partidária, não pessoal. Será uma nova experiência. O PSB está na presidência da Câmara (com o vereador Marcos Michels), está bastante alinhado com o governo. Temos de fazer o que for possível para manter a harmonia”, declarou o socialista.

O vereador afirmou que o fato de o governo ter a maioria na Câmara não é garantia de que as relações correrão de forma tranquila. “Vou me empenhar para unir as bancadas, mas só vamos saber quando começarem os trabalhos do Legislativo, quando as coisas realmente acontecerem”, pontuou Célio Boi. O recesso da Câmara termina em 1º de fevereiro.

Entenda a função

A função do líder é representar o prefeito junto aos demais parlamentares. Também pode adiar ou antecipar a discussão de projetos de autoria do chefe do Executivo. O líder pode ainda usar da palavra para tratar de assunto que, por sua relevância e urgência, interesse ao conhecimento da Câmara.

Caberá ao vereador também participar da reunião dos líderes para tratamento de assunto de interesse comum e por proposta de qualquer deles ou por iniciativa do presidente da Câmara.

O primeiro líder de Michels na Câmara foi Milton Capel (PV). Em seguida foram nomeados os também ex-vereadores Zé Dourado, Atevaldo Leitão e José Augusto, todos do PSDB.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*