Diadema, Minha Cidade, Sua região

CCMI de Diadema completa 21 anos de atendimento aos idosos

Comemoração de aniversário teve baile e bolo. Foto: Thiago Benedetti/PMDO Centro de Convivência Municipal da Pessoa Idosa (CCMI) de Diadema proporciona, desde 1996, atividades para que o público da terceira idade possa vivenciar essa fase de forma plena e com qualidade de vida. Para comemorar os 21 anos de atendimento à pessoa idosa, a Prefeitura de Diadema realizou evento, nesta quarta-feira (30), com direito a baile e bolo de aniversário.

“Em muitas culturas, os mais jovens ouvem e obedecem aos idosos ou mais velhos. Nossa população merece todo nosso respeito e gratidão. Fico feliz pelo trabalho desenvolvido nesses 21 anos que tem proporcionado bem-estar nessa fase tão importante da vida”, lembrou o vice-prefeito, Márcio da Farmácia, durante o evento.

Oficineiros que atuam no serviço receberam homenagem com certificado de menção honrosa. A equipe que participou dos Jogos Regionais dos Idosos também foi homenageada. O público ainda participou de baile com o DJ Leandro com músicas dos anos 70 e 80. Para fechar a cerimônia, foi entregue o bolo de aniversário.

“A equipe do CCMI tem acolhido e trabalhado com dedicação à pessoa idosa, fortalecendo os vínculos e a convivência entre eles. Neste semestre, estamos promovendo passeios por pontos turísticos para que esse público conheça melhor e participe mais dos espaços culturais de Diadema”, afirmou a secretária de Assistência Social e Cidadania, Caroline Rocha.

Atualmente, o CCMI oferece atividades de crochê, dança cigana; dança de salão, dança oriental, etiqueta/postura e customização; ginástica, ioga, karaokê; oficina de memória, origami (arte da cultura japonesa para fazer dobraduras), patchwork (trabalho com retalhos); pintura em tecido, pintura em tela, tricô; zumba, além de jogos como buraco, dominó, tênis de mesa e truco.

Aparecida Ibanhez frequenta o CCMI desde sua criação e considera o CCMI como sua segunda casa. “Encontrei aqui um porto seguro e me sinto muito bem. Digo para as pessoas procurarem o serviço porque são oferecidas várias atividades e sempre tem um profissional para nos orientar ou ajudar quando precisamos”, elogiou.

Planejamento

Neste ano, o CCMI iniciou o cadastramento de usuários para conhecer melhor o perfil das pessoas atendidas e propor ações especificas para cada público. Entre elas, estão os grupos de convivência e fortalecimento de vínculos para idosos, que acontecem mensalmente, e trabalham temas como resgate da infância, rede de proteção de direitos, conflitos entre gerações, entre outros.

“O objetivo é que as atividades com os participantes do CCMI promovam vivências que valorizem experiências, estimulem e potencializem a capacidade de escolher e decidir, e, principalmente, criem oportunidades para um envelhecimento ativo e significativo para cada usuário”, explicou o gerontólogo e coordenador do serviço.

O CCMI possui 315 idosos cadastrados, sendo que 86 frequentam com regularidade o serviço. A maioria do público é feminina (92%), com idade entre 60 e 95 anos e viúvas. Entretanto, o serviço oferece atividades para maiores de 60 anos, independente de sexo. Para participar é preciso ser morador de Diadema.

Serviço- Centro de Convivência Municipal da Pessoa Idosa (CCMI), rua Paquetá, 23 – Centro.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*