Brasileirão, Esportes

Cássio e Weverton jogam dérbi de olho na seleção

Cássio e Weverton jogam dérbi de olho na seleção
Cássio integrou grupo que disputou a Copa da Rússia, e Weverton conquistou o Ouro na Rio-2016. Fotos: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians e Cesar Greco/Agência Palmeiras

Os goleiros Weverton, do Palmeiras, e Cássio, do Corin­thians, terão amanhã (4), pelo Campeonato Brasileiro, um duelo que extrapola o âmbito clubístico. Os dois são concorrentes também na seleção brasileira. Às vésperas de nova convocação do técnico Tite, os colegas de posição querem mostrar serviço para serem chamados para os amistosos de setembro contra Colômbia e Peru, nos Estados Unidos.

Os dois goleiros menos va­zados deste Brasileiro são pilares importantes de seus times. Cássio, 32 anos, é o jogador do Corinthians há mais tempo no elenco. Vitorioso no clube, é uma liderança importante e muito respeitada pela torci­da. Weverton, 31 anos, che­gou ao Palmeiras no ano passado. Começou como terceira opção, mas conquistou espaço e acumulou séries de partidas sem sofrer gols.

Em diferentes momentos, tanto Weverton como Cássio estiveram presentes em listas da seleção brasileira. O corintiano foi convocado para a última Copa do Mundo, na Rússia, e integrou também o grupo campeão da Copa América deste ano. Cássio esteve em ambos os torneios como terceira opção, atrás do titular Alisson e do substituto imediato Ederson.

Weverton chegou a defen­der a seleção brasileira quando ainda estava no Athletico-PR. Em 2016, foi titular na conquista do ouro nos Jogos do Rio e no ano seguinte, atuou em amistosos contra Argentina e Austrália, em Melbourne. Depois da vinda ao Palmeiras, o goleiro voltou a figurar em listas do técnico Tite no começo deste ano, ao defender o Brasil em amistosos contra Panamá e República Checa, em março.

Apesar de não ter sido cha­mado para a Copa América, Weverton acabou citado por Tite ao final da campanha. Na entrevista coletiva depois do título, o treinador mencionou jogadores de qualidade que precisou deixar fora da lista, por falta de vagas. O goleiro do Palmeiras foi um dos nomes listados, assim como Renato Augusto, Fabinho e Dudu, também do Palmeiras.

Por isso, o clássico é uma oportunidade para que os dois mostrem serviço no momento em que a seleção brasileira prepara possivelmente uma re­­no­vação. Tite convocará a se­leção brasileira no próximo dia 16 com a chance de aprovei­tar os amistosos para observar e testar novos nomes. Às vésperas do chamamento, Cássio e Weverton querem manter a boa fase.

 

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*